Encomendas de ceias natalinas movimentam dezenas de padarias

Para a ceia natalina, a maior procura está sendo pelo peru decorado e recheado

Segundo Mariza Silva, apenas para esta noite foram feitas mais de 300 encomendas. Foto: Heracles Dantas
Segundo Mariza Silva, apenas para esta noite foram feitas mais de 300 encomendas. Foto: Heracles Dantas

Além da reflexão religiosa, decoração colorida, Papai Noel ou da troca de presentes, as festas de final de ano também são marcadas pelo quesito gastronômico, tendo em vista a fartura à mesa. As famílias se reúnem em confraternização e se preparam para enfrentar a maratona tradicional da ceia natalina. Aquelas pessoas que não querem passar a véspera do Natal preocupadas com a sujeira na cozinha, ou em agradar todos os paladares, buscam uma alternativa bastante atrativa: encomendar a ceia.

Contratar esse serviço tem se tornado um hábito nos últimos anos e os pontos comerciais se especializaram em oferecer um cardápio de pratos e sabores que podem ser levados para casa. Basta procurar um supermercado, padaria, restaurante ou buffet que ofereça a ceia, caprichar na escolha dos pratos e garantir o delicioso jantar da família na véspera do Natal.

Um dos estabelecimentos que oferecem esse tipo de serviço é a Gosto de Pão, padaria tradicional em Natal. Mariza Silva, gerente responsável pela administração de uma das unidades da rede, disse que neste ano muitas encomendas movimentaram os trabalhos na loja.

“Desde o dia 1º de dezembro que nós abrimos o período de encomendas para o Natal. Até ontem, se alguém nos procurasse, ainda estaríamos recebendo encomenda. Tanto é que ficamos trabalhando até às 2h da madrugada de hoje para atender todos os pedidos. Hoje é apenas o dia de entrega. Quem estiver procurando algo em cima da hora, precisará contar com a sorte”, disse Mariza Silva.

A gerente explica que as padarias se planejam de acordo com o número de encomendas. “Os assados nós realmente só fazemos sob pedidos, mas outros pratos típicos da ceia natalina, como rabanadas, tortas doces e salgadas, e outras sobremesas, nós fazemos uma quantidade a mais devido à demanda da procura. Na maioria dos casos, quem vem a uma padaria na véspera do Natal está buscando apenas um complemento para a ceia”, explicou.

Só nessa loja administrada por Mariza foram mais de 300 encomendas para hoje. Para a ceia natalina, a maior procura está sendo pelo peru decorado e recheado, o pernil, chester, bacalhau, rabanada, pratos de frios e salgados. “As pessoas procuram por toda a parte tradicional que requer uma ceia natalina”, disse Mariza.

A bioquímica Isis Oliveira foi uma das pessoas que tentou a sorte de última hora. “Na verdade, boa parte da minha ceia já está pronta. Mas estava faltando salgados e pães de queijo para complemento. Já passei por algumas padarias e realmente não está fácil de encontrar muita coisa”, disse.

O técnico de informática Ozires Júnior deixou para comprar quase tudo hoje. “Eu sempre me programo direitinho, mas neste ano passamos por uns problemas de família que me impossibilitaram de me organizar melhor. Realmente não é fácil encontrar tudo em cima da hora, pois a maioria dos pratos é de encomenda. Agora só o próximo ano”, observou.

Compartilhar: