Enfermaria para gestantes de alto risco do Santa Catarina recebe primeiras pacientes

Estão atuando na nova enfermaria: 1 médico obstetra, que irá fazer as visitas de acompanhamento e medicação das pacientes, 1 enfermeiro e quatro técnicos de enfermagem

Enfermaria dispõe de seis leitos destinados ao tratamento clínico de doenças que podem acometer as gestantes. Foto:Divulgação
Enfermaria dispõe de seis leitos destinados ao tratamento clínico de doenças que podem acometer as gestantes. Foto:Divulgação

Já está em pleno funcionamento, com vários leitos ocupados, a enfermaria para Gestantes de Alto Risco (GAR) do Hospital José Pedro Bezerra (Santa Catarina), na Zona Norte de Natal. Inaugurada na última quinta-feira (6), a enfermaria dispõe de seis leitos destinados ao tratamento clínico de doenças que podem acometer as gestantes e puérperas (pós-parto) e fogem do risco habitual numa gestação.

De acordo com o diretor geral do hospital, Jaime César de Melo, a GAR era um sonho antigo do hospital Santa Catarina que agora foi realizado e já está notória sua importância. Estão atuando na nova enfermaria: 1 médico obstetra, que irá fazer as visitas de acompanhamento e medicação das pacientes, 1 enfermeiro e quatro técnicos de enfermagem.

O diretor esclarece que estes leitos não são de tratamento ou cuidados intensivos (UTI/UCI), apesar de serem destinados a gestantes de alto risco. “A enfermaria GAR é para o tratamento clínico de doenças na gestação e no pós-parto, como pressão alta, infecções, diabetes, trombose e pneumonia”, disse ele.

Compartilhar: