Entenda o desafio do balde de água gelada que virou moda entra famosos

Saiba por que celebridades aparecem jogando baldes de água fria na cabeça nas redes sociais

Bill Gates aceitou o desafio e armou um mecanismo para despejar a água. Reprodução Youtube
Bill Gates aceitou o desafio e armou um mecanismo para despejar a água. Reprodução Youtube

Celebridades têm publicado vídeos em que aparecem jogando um balde de água gelada na cabeça e, em seguida, desafiam outros amigos a fazer o mesmo. Parece uma brincadeira para gerar vídeos engraçados na internet, mas o objetivo é colaborar com a campanha contra a Esclerose Lateral Amiotrófica (ALS em inglês).

O desafio começou em julho e se tornou um viral nas redes sociais. A princípio, o desafiado poderia escolher fazer uma doação de 100 doláres para uma instituição americana, ou jogar um balde de água gelada na cabeça. Mas, apesar de levarem um banho de água fria, as doações também são feitas pelos participantes.

A campanha nas redes sociais está com ótimos resultados. Segundo a Associação Americana de ALS, foram recebidos mais de US$ 1 milhão em doações entre 29 de julho e 12 de agosto. Em 2013, no mesmo período, a entidade arrecadou US$ 22 mil, segundo a ESPN.

A ALS, também conhecida como Doença de Lou Gehrig, é caracterizada pela degeneração dos nervos motores e chega a paralisar até os olhos em estágios mais avançados.

Os jogadores Marcelo, Neymar, Cristiano Ronaldo, o apresentador Luciano Huck, o fundador do Facebook Mark Zuckerberg e o ex-presidente da Microsoft Bill Gates são alguns dos colaboradores da campanha.

Fonte: Diariosp

Compartilhar:
    • Gisella Nascimento

      entrA famosos? olha pra mim isso tudo é um desperdício de água, aff

    • Vando

      Todo meu apoio aos pacientes, sejam famosos como nosso admirado Stephen Hawking ou anônimos pobres, e aos profissionais da área médica e outras afins que promovem a campanha de doações para a pesquisa da Esclerose Lateral Amiotrófica. Gostaria, também, que a imprensa incentivasse as pessoas todas que usam o balde de água gelada, se possível, a fazê-lo em condições de reaproveitar essa mesma água. Quem tem piscina de plástico em casa, por exemplo, poderia fazê-lo dentro dela, e reusar a água depois. O mesmo método pode ser empregado com bacias.

      E espero, também, que todas as pessoas que estão aparecendo em vídeos, estejam efetivamente doando os cem dólares para a associação de tratamento e pesquisa. Pois quanto à água, veja-se o que ocorre mundo afora, e bem aqui, no Brasil, os graves problemas de abastecimento e a disputa por água entre São Paulo e Rio de Janeiro.