Estacionamento da Ceasa/RN é debatido em audiência pública e pode ser ampliado‏

Gesane Marinho abriu a audiência pública falando sobre a importância de se discutir novas alternativas para ampliar o espaço físico da Ceasa, que atualmente se encontra estrangulado

FOTOS: João Gilberto
FOTOS: João Gilberto

A falta de espaço para estacionamento na Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa) pode estar com os dias contados. Em audiência pública realizada nesta quarta-feira (2) na Assembleia Legislativa, por iniciativa da deputada estadual Gesane Marinho (PSD), a Secretaria Estadual de Educação propôs ampliar em cerca de dez metros o estacionamento da Ceasa pela Avenida Jerônimo Câmara, em terreno hoje pertencente ao CAIC.

Gesane Marinho abriu a audiência pública falando sobre a importância de se discutir novas alternativas para ampliar o espaço físico da Ceasa, que atualmente se encontra estrangulado. Enquanto três mil carros entram e saem da Central todos os dias, só há 500 vagas disponíveis no estacionamento. E destacou que a cessão de parte do terreno do CAIC era uma alternativa que agradava a todos.
“Não é preciso fazer uma conta muito difícil para saber que é impossível atender a demanda com o espaço que se tem hoje. A Ceasa é a mesma há 39 anos. A demanda cresceu, as lojas dentro da Central cresceram, mas foram engolindo o estacionamento. Essa audiência vai servir para juntos buscarmos uma solução para este problema estrutural”, disse Gesane.
O coordenador da Codesp, responsável pela gestão do CAIC, Gileno Souto, confirmou na audiência que engenheiros da Secretaria Estadual de Educação já estiveram na área para estudar a viabilidade da cessão. A proposta da Codesp de ampliar em cerca de dez metros o estacionamento na Avenida Jerônimo Câmara foi bem aceita pelos presentes. “Com essa audiência de hoje, acreditamos que este problema está 99% resolvido”, disse.
A deputada Gesane Marinho comemorou o resultado do encontro e aproveitou para criar uma comissão especial para cuidar do assunto na Assembleia Legislativa, formada por ela e os deputados Gilson Moura e George Soares. O próximo passo da comissão é marcar um encontro junto à secretária estadual de Educação, Betânia Ramalho, para avançar nas negociações.
A audiência pública contou com a presença do diretor técnico da Ceasa/RN, Cledionor Mendonça, coordenador da Codesp da Secretaria Estadual de Educação, Gileno Souto, presidente da Associação de Permissionários da Ceasa, João José de Souza, representantes da Conab, do Detran, deputados George Soares e Gilson Moura, além de permissionários, empresários e funcionários da Central de Abastecimento.
Compartilhar: