Estamos atrasados? – Danilo Sá

Muita gente foi pega de surpresa com as declarações do secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, sobre o atraso das…

Muita gente foi pega de surpresa com as declarações do secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, sobre o atraso das obras no estádio Arena das Dunas. O que antes era vendido como um projeto concluído pelo governo, agora se sabe que as polêmicas arquibancadas móveis, responsáveis por um custo superior a R$ 10 milhões por apenas um mês de uso, ainda não estão instaladas.

Segundo reportagem publicada hoje pela Folha de São Paulo, apenas 4 mil assentos foram colocados na área reservada para este setor. Os demais 7 mil lugares serão todos instalados até o dia 8 de junho, conforme a previsão oficial da Secretaria Extraordinária para a Copa do Mundo. Ou seja, tudo ficará pronto somente cinco dias antes do primeiro jogo do evento na capital potiguar, entre México e Camarões, no dia 13.

Logo, podemos concluir que, pelo menos esta área do estádio, não terá nenhum teste antes de ser utilizada pelo público, que pagou caro pelos ingressos comercializados pela FIFA. O risco de algo sair errado é grande, afinal de contas, tratam-se todos de seres humanos, mas ninguém poderá se queixar do tempo, que foi muito desde as escolhas das sedes e, após o “término” do estádio, também sobrou para a colocação das arquibancadas móveis.

Pior do que perceber a inércia dos responsáveis pelo projeto, que acabaram deixando para a última hora parte considerada essencial para o estádio – já que foram vendidos os ingressos previstos para a lotação de 42 mil pessoas – é acompanhar os comentários e as respostas oficiais sobre o problema. Ora, em nome da FIFA, Valcke cobrou algo que todos sabiam e vendiam como se fosse algo de fácil solução. Mas, que agora estão precisando correr contra o tempo. Enfim, estamos atrasados.

SEM NÚMEROS

Em um período pré-eleitoral atípico, sem a publicação de nenhuma pesquisa de opinião, o que é um fato histórico em se tratando do Rio Grande do Norte, são muitos os números circulando nos bastidores do mundo político potiguar. E tem levantamento incluindo até mesmo candidatos já tidos como carta fora do baralho, como é o caso da governadora Rosalba Ciarlini.

ESPECULAÇÃO

E, quem tem visto os resultados, mantém o ânimo em torno do projeto a reeleição da Rosa. Como o esperado por muitos especuladores, com a gestora no páreo, o segundo turno fica praticamente garantido e com cenários que seriam positivos para a democrata. O difícil continua sendo convencer os aliados da sua própria legenda a lhe apoiar nas urnas de 2014. Por enquanto, o DEM joga contra o projeto.

ARTICULAÇÃO

Deverá ser encerrada amanhã a última greve ainda em andamento dos servidores municipais, liderada pelo Sinsenat. Após cerca de 4 horas de reunião, no gabinete da presidência da Câmara Municipal, a liderança do Sindicato chegou a acordo com os secretários Cipriano Maia (Saúde) e Fábio Sarinho (Administração), entendimento mediado por um grupo de vereadores que permaneceram no encontro até o fim.

ENTENDIMENTO

Por intermédio de Albert Dickson, Eleika Bezerra, Amanda Gurgel, Júlio Protásio, Marcos do Psol, Hugo Manso, Sandro Pimentel e Júlia Arruda, os servidores aceitaram a proposta do município em construir um cronograma de compromissos com a categoria, agendando datas para conceder gratificações, bonificações e outros direitos. Sinsenat se reúne amanhã para bater o martelo.

SEM ESGOTO

Os números são do Instituto Trata Brasil, que realiza um monitoramento em cima das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no país. Segundo a entidade, quatro capitais do país estão em situação crítica no quesito saneamento básico. João Pessoa (PB), Natal, Belém (PA) e Fortaleza (CE) possuem menos de 50% da coleta de esgoto.

ATRASOS

Ainda segundo o Trata Brasil, dos 219 empreendimentos aprovados pelo PAC 1 e 2, 47 foram concluídos, 43 estão dentro do cronograma do governo, e outros 119 (54,3%) estão em situação inadequada — atrasadas, paralisadas, em fase de contratação ou até mesmo não iniciadas. A notícia foi um dos destaques da edição de hoje do jornal O Globo. Mais uma destaque negativo para Natal.

RN SANEAR

Em tempo: é justamente no saneamento básico que a governadora Rosalba Ciarlini aposta grande parte de suas fichas. O projeto Sanear RN visa tornar a capital potiguar quase 100% saneada, assim como em várias partes do Estado. Pelo visto, conforme o levantamento do Trata Brasil, o programa ainda não apresentou muitos resultados.

DEBATE

Por iniciativa do vereador Dickson Júnior (PSDB), a Câmara Municipal de Natal realiza audiência pública amanhã com o tema “Pessoas com necessidades especiais e políticas de assistência às famílias”. O debate que terá início às 9h no plenário da Casa e contribuirá com a troca de experiências e esclarecimentos solicitados pela população a respeito do tema. Várias órgãos já confirmaram presença.

GIRA MUNDO

O já famoso comercial em que Compadre Washington fala “Sabe de nada, inocente” será retirado do ar. O Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) recomendou nesta terça (27) que a expressão “Ordinária”, dita pelo cantor, seja retirada do anúncio do site de classificados Bom Negócio. A entidade considerou o anúncio “desrespeitoso” para as mulheres, após a reclamação de cerca de 50 pessoas que se sentiram ofendidas com o bordão. Segundo o Conar, a expressão extrapolou o limite do bordão.

Compartilhar:
    Publicidade