“Dormia com o inimigo”, diz idosa esfaqueada 11 vezes pelo marido

Casal estava junto havia 10 anos e vivia bem, segundo a vítima

Idosa tomava remédio para dormir. Foto: Divulgação
Idosa tomava remédio para dormir. Foto: Divulgação

Uma idosa de 73 anos foi vítima do próprio marido no município de Camaçari, região metropolitana de Salvador. Maria de Lurdes levou 11 facadas quando estava dormindo na residência do casal, que estava junto havia dez anos. Depois de ter alta médica, a mulher revelou que não esperava que o homem, de prenome Francisco, pudesse cometer o crime.

“Fui mãe, amiga, fui irmã e foi uma boa companheira e aconteceu isso. Estava dormindo com o inimigo”.

Maria confirmou o que o marido já tinha dito na delegacia, que o casal viva bem, não brigava, era unido e não discutia. Francisco tinha revelado que não sabia o que o motivou a cometer o crime, já que eram felizes e nunca tinham tido um desentendimento.

A idosa toma remédio para dormir, mas no dia em que foi atacada desconfiou da atitude do marido e não ingeriu os medicamentos. Quando ela estava deitada, o homem foi pra cima com uma faca e só parou quando Maria começou a gritar pedindo socorro para os vizinhos. De acordo com a vítima, Francisco correu para sala e fingiu que alguém tinha invadido o imóvel e atacado a mulher.

Segundo a delegada, enquanto a idosa recebia atendimento médico, o homem voltou para a casa do casal e tentou desfazer a cena do crime. Lavou a casa, tirou lençóis, panos e jogou tudo no lixo. Enquanto a mulher estava internada, a delegacia recebeu a informação que ele estava na residência com a amante, com quem já estava com o casamento marcado.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade