“Estou me sentindo um criminoso, serial killer”, diz Petros do Corinthians

Decisão não foi unânime e clube irá recorrer

Petros recebeu 180 dias de gancho. Foto: Divulgação
Petros recebeu 180 dias de gancho. Foto: Divulgação

Após ser punido pelo STJD com 180 dias de gancho,Petros desabafou. Ainda na sede do órgão, onde acompanhou seu julgamento, o volante do Corinthians não escondeu a raiva por ficar tanto tempo longe dos gramados – clube vai recorrer da pena.

“Estou me sentindo um criminoso, um assassino, um serial killer. Me sinto muito mal. Eu jamais faria isso. E sou destro, se tivesse que fazer, não seria com a mão esquerda. Não sou bandido, não sou maluco. E fico triste de ser julgado dessa maneira por essas pessoas”, afirmou.

A defesa do Corinthians, representada pelo João Zanforlin, apresentou vídeos, inclusive do comentarista da Rede Globo, Arnaldo Cézar Coelho, que defendeu Petros. O Corinthians ainda pode reduzir essa pena ou até absolver Petros no Pleno do STJD.

Fonte: Terra

Compartilhar: