Estudante da Ufersa morre e delegada fica em estado grave após acidente

Em um ponto próximo, há poucos dias aconteceu outro acidente também ocasionado por animais na pista

u67u65u54u43u4

O taxista Francisco Charles Ferreira Rebouças não percebeu um jumento no morto na pista entre Mossoró e Tibau, passando por cima e em seguida capotando o veículo. Ficou ferido e foi levado para o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.

O estudante de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal Rural do Semi Árido (UFERSA), Paulo José de Sousa Costa, que estava como passageiro no veículo, morreu no local.

u56u56u34wwww

As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros das Ferragens e socorridos pelo SAMU. Paulo José (foto acima) morreu no local.

Ainda no mesmo táxi, estava viajando a delegada Juliana Carvalho Rozendo, da cidade de Icapui, e a irmã dela. Ambas foram levadas para o HRTM. No pronto socorro, apenas a delegacia Juliana deu entrada para receber cuidados médicos. Juliana Rozendo (foto abaixo) está internada na Unidade de Terapia Intensiva em estado muito grave.

u5iu67io89op89o

O capotamento aconteceu nas imediações do assentamento jurema. O jumento havia sido morto atropelado por outro veículo. Como ele tem quase a cor da pista, o motorista Francisco Charles não o viu, passando por cima e perdendo o controle.

Em um ponto próximo, há poucos dias aconteceu outro acidente também ocasionado por animais na pista. A responsabilidade pela retirada dos animais da pista é da Policia Rodoviária Estadual, com sede em Mossoró.

O trabalho tem sido feito com frequência, segundo relata o comandante da Policia Estadual de Trânsito, capitão PM Maximiliano Luis, mas o número de animais nas RNs e BRs tem sido crescente e quase sempre ocasionando acidentes graves.

As causas do acidente, que resultou na morte do jovem estudante Paulo José de Sousa Costa deve ser investigado em inquérito policial conduzido pelo delegado da II Delegacia de Policia de Mossoró.

 

Fonte: O Câmera

 

Compartilhar: