Estudante é proibida de entrar na escola por conta da cor do seu cabelo

Unidade de ensino alegou que o cabelo da menina era 'vermelho demais'

RTEmagicC_estudante_cabelo_vermelho_txdam221392_4f65d3.jpg

Uma estudante de 16 anos foi proibida de entrar na escola Muscle Shoals High School, no estado da Alabamas, nos Estados Unidos, no seu primeiro dia de aula por causa da cor do seu cabelo. A unidade de ensino alegou que o cabelo de Hayleigh Black era “vermelho demais” e poderia ser uma distração muito grande para os demais alunos, o que contraria a regra da instituição. Segundo o “Daily Mail”, a aluna usava a cor vermelha em seu cabelo há três anos. “Nunca ninguém [da escola] veio me dizer: ‘talvez você não devesse usar essa cor’ ou ‘você não acha essa cor ruim'”, afirmou a estudante.

A mãe de Hayleigh, Pam Boyd, questionou ao diretor da escola, Brian Lindsay, o fato da instituição nunca ter reclamado da cor do cabelo de sua filha. De acordo com Lindsay, várias meninas foram mandadas para casa no mesmo dia por causa das cores de seus cabelos. “A política foi posta em prática há anos”, disse.  Para ele, as regras proporcionam “um ambiente seguro e propício à aprendizagem.”

Hayleigh pintou o cabelo de loiro para poder volta à escola, mas pais querem que a instituição se desculpe e deixe a estudante tingir o cabelo novamente.

 

 

Fonte: Daily Mail

Compartilhar: