Ex-atleta de Inter e Corinthians avança na luta contra crack

Internado desde o fim de fevereiro, Alex Rossi poderá visitar família fora de comunidade terapêutica; ex-companheiros procuram notícias e oferecem ajuda

Alex Rossi. Foto: Divulgação
Alex Rossi. Foto: Divulgação

O ex-atacante Alex Rossi, com passagens por Internacional, Corinthians, Avaí, Cerro Porteño e Rosário Central, comemora os avanços no tratamento contra o crack, iniciado no final de fevereiro. Em entrevista publicada pelo jornal gaúcho Zero Hora neste domingo, o ídolo colorado destacou os resultados alcançados nos cinco meses de internação na Comunidade Terapêutica de Ivorá (Fazenda do Senhor Jesus).

“Estou na faculdade da vida como nunca tinha passado antes. É uma partida de futebol longa, não são 90 minutos, são nove meses. É uma vida inteira”, disse Rossi, que admitiu quase ter deixado a internação logo no segundo dia por conta de “um baixo astral”. “Os monitores me colocaram no celular com a minha esposa (Márcia), e ela me deu força. Não está sendo fácil. Mas é aí que temos de ter força”, completou ele.

Aos 46 anos, o ex-jogador diz não ter mais vontade de usar drogas desde então. Nos próximos quatro meses do tratamento, ele poderá passar um mês na casa da família em sua cidade-natal, Cacequi (RS). Uma vez por mês, ele recebe a visita da mãe, Enedida, da mulher e dos filhos gêmeos, Miguel e Isabela. Ao fim de nove meses, deixará a fazenda.

Após a publicação da entrevista de Alex Rossi, diversos ex-companheiros procuraram a publicação em busca de informações a respeito de seu estado. O Universitário-PER, onde atuou entre 1995 e 1996, prometeu oferecer-lhe emprego ao fim da internação. Em carta, ele agradeceu pelo apoio recebido. “Daqui dessa fazenda maravilhosa, está nascendo um novo homem, o verdadeiro Alex Rossi, de caráter, muita oração, disciplina e trabalho (…). Fora dos campos de futebol, está sendo a maior faculdade de minha vida. Agradeço a todos que torcem por mim e aos meus irmãos de caminhada”, disse.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade