Ex-presidente do Santos: “Pai de Neymar pediu grana pra p… na negociação”

Luis Alvaro apareceu bem mais magro e revelou que recusou convite para Copa do Mundo

Laor, ex-presidente do Santos, mostrou sua mágoa com Neymar pai. Foto: Diuvlgação
Laor, ex-presidente do Santos, mostrou sua mágoa com Neymar pai. Foto: Diuvlgação

No começo do mês, Luis Álvaro de Oliveira renunciou a presidência para se dedicar exclusivamente a recuperação dos seus problemas de saúde. Em entrevista ao site da Espn Brasil, o dirigente revelou que emagreceu 41 kg, mas que considera que renasceu e atacou o pai de Neymar pela negociação com o Barcelona.

O ex-presidente do Peixe revelou que se sentiu traído por Neymar pai e afirmou que seria capaz de atropelá-lo caso os dois se cruzassem na rua.

“Nesses 90 milhões de euros estavam incluídos o dinheiro do cafezinho do pai do Neymar e uma orgia no hotel Piccadilly, em Londres (Inglaterra). Porque ele (pai do Neymar) cobra qualquer coisa. Ele nunca me pagou um café. E eu paguei uns 200 cafés para ele. Então esses 90 milhões são exagerados. Isso inclui p… Achava que o pai do Neymar era meu amigo. Mas hoje não quero ver na frente do meu carro, pois senão ao invés de brecar eu acelero. Não estendo a mão para ele. E, se estender, é para dar uma porrada”.

Magoado, Laor revelou que “não faz a menor questão” de acompanhar a carreira de Neymar na Europa e que recusou convite para acompanhar a Copa do Mundo de perto.

Apesar disso, o dirigente reconhece que o atacante contrariou o pai para ficar no Santos e recusar propostas de outros clubes antes do Barcelona.

“O pai foi sacana. Mas o Neymarzinho é um garoto. Do bem. Sorridente. Meu amigo. Aceitou ficar os três anos comigo, pois o pai não queria. Sempre tivemos boa relação. Sempre fiz todas as vontades dele”.

Fonte: R7

Compartilhar: