Excluídos de Felipão seguem na lista do WhatsApp da seleção

No grupo restrito aos convocados, as conversas são das mais variadas

Jogadores brasileiros não desgrudam do celular e passam horas conversando via WhatsApp. Foto: Divulgação
Jogadores brasileiros não desgrudam do celular e passam horas conversando via WhatsApp. Foto: Divulgação

Os jogadores excluídos da seleção brasileira por Felipão como Robinho, Lucas, Diego Cavalieri, entre outros, seguem participando das brincadeiras e do dia a dia do grupo que está jogando a Copa. Tudo graças ao Whatsapp, aplicativo para celular que permite a troca de mensagens gratuitas em texto e áudio.

Eles faziam parte de uma lista criada exclusivamente para os jogadores da seleção. Às vésperas do Mundial, por opção do capitão Thiago Silva, formou-se um novo grupo, desta vez apenas com os 23 relacionados. “Mas a gente continua falando com o pessoal que não está aqui pela lista antiga, até porque muitos conviveram com a gente durante todos os últimos anos”, explica Bernard.

Robinho e Lucas são os mais presentes no aplicativo e sempre mandam mensagens de apoio pouco antes das partidas. Lucas até esteve em Fortaleza para acompanhar de perto o empate com o México.

No grupo restrito aos convocados, as conversas são das mais variadas. “A gente conta piada, tira sarro, fala sobre os adversários”, explica Luiz Gustavo. “Tem também as coisas sérias, como recados sobre o horário dos treinos, o tipo de roupa para usar nas viagens…”

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade