Deicor investiga morte da ex-mulher do PM; Inteligência, do lutador Luiz de França

Tenente Iranildo Félix de Sousa estava com um colete à prova de balas e não sofreu maiores ferimentos

O lutador Luiz de França foi assassinado no último dia 10. Foto: Reprodução/Facebook
O lutador Luiz de França foi assassinado no último dia 10. Foto: Reprodução/Facebook

O envolvimento do Tenente Iranildo Félix em um atentado na zona rural de Macaíba, na tarde de ontem, não será investigado pelo delegado titular da 11ª DP de Cidade Satélite, Silvio Fernando. Ele investiga a participação do tenente na morte do ex-lutador de MMA, Luiz de França Trindade que aconteceu no dia 10 de fevereiro, no mesmo bairro. Em entrevista na manhã de hoje, o delegado afirmou que “vai acompanhar de longe” as investigações.

“Eu soube do crime pela imprensa. Não posso me posicionar sobre o caso. Nós vamos acompanhar de longe as investigações, e caso algum indício, que possa levantar suspeita sobre o crime seja anunciado, nós colocaremos nos autos do processo”, afirmou o delegado Silvio Fernando.

A Delegacia Geral de Polícia (Degepol) divulgará uma portaria instituindo uma comissão de delegados para auxiliar o delegado Normando Feitosa, nas investigações do assassinato da estudante de direito Izânia Maria Bezerra Alves, de 31 anos, morta com quatro tiros na tarde do último domingo (16).

A experiente delegada, titular da Deicor, Sheila Freitas, assumirá as investigações da ex-mulher de Iranildo. Foto: Divulgação
A experiente delegada, titular da Deicor, Sheila Freitas, assumirá as investigações da ex-mulher de Iranildo. Foto: Divulgação

A comissão será constituída pela delegada Sheila Freitas, da Delegacia especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), e pelos delegados Matheus Trindade, da Delegacia especializada em furtos e roubos (Defur), e Emerson Valente, da Delegacia de furtos e roubos de veículos (Deprov).

As investigações acerca da morte do professor e lutador de MMA Luiz de França Trindade, ocorrida no dia 10 deste mês, na zona Sul de Natal, continuam a cargo do delegado Silvio Fernando, da 11ª DP, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil.

ATENTADO

O Tenente Iranildo Félix de Sousa, suspeito de assassinar o professor e lutador de MMA, Luiz de França Trindade, 26 anos, na última segunda-feira (10), sofreu um atentado na tarde de ontem, enquanto levava a ex-esposa e estudante de Direito, Izânia Maria Bezerra Alves, 31 anos, para uma granja na zona rural de Macaíba, região metropolitana de Natal. Iranildo foi atingido na região do tórax e passa bem. Já a ex-esposa foi alvejada na cabeça e morreu no local. Após o crime, os suspeitos teriam fugido em uma motocicleta de cor vermelha. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Macaíba.

A ex-esposa do tenente Iranildo, Izânia Maria Bezerra Alves, não resistiu aos ferimentos. Foto: Divulgação
A ex-esposa do tenente Iranildo, Izânia Maria Bezerra Alves, não resistiu aos ferimentos. Foto: Divulgação

De acordo com informações do delegado Normando Feitosa, responsável por investigar o caso, Iranildo compareceu à delegacia de Macaíba, ainda na noite de ontem para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. “Em depoimento, o tenente explicou que estava levando a ex-mulher para mostrar a granja onde estava se escondendo por causa das ameaças que recebe diariamente. No caminho dois homens em uma motocicleta pararam na frente do veículo e anunciaram o assalto. Os dois saíram do carro quando a dupla começou a efetuar os disparos. Ele só recebeu tiros no abdômen, e como estava com colete a prova de balas conseguiu escapar, já a mulher foi alvejada na cabeça e no pescoço caracterizando o crime como execução”, explicou o delegado.

10mulhe

Ainda em depoimento, Iranildo explicou que logo após o atentado, quando a dupla evadiu-se, ele percebeu que a ex-mulher já estava morta e pediu ajuda para que amigos o socorressem. “Nós questionamos porque ele não pediu ajuda a princípio para a polícia, e ele respondeu afirmando que estava muito mal e ligou para os amigos, inclusive o proprietário da granja”, disse o titular de Macaíba. O tenente foi socorrido para a Casa de Saúde São Lucas e depois encaminhado para o Hospital Mosenhor Walfredo Gurgel. Segundo parentes da vítima, Izânia Maria Bezerra Alves era estudante de Direito e fazia estágio no Fórum de Macaíba.

rgergergegege

Durante a apresentação de Iranildo à delegacia, na noite de ontem, foram recolhidos o colete a prova de balas, uma pistola e celulares que serão levados para o Itep, para análises. Sobre o relacionamento com a ex-esposa, o delegado confessou que Iranildo disse em depoimento que tinha um ótimo relacionamento com ela. Durante todo o dia, familiares da vítima, além do proprietário da granja serão ouvidos pelo delegado. A atual mulher do tenente foi intimada a depor, mas se negou apresentar-se hoje por estar muito abalada com os últimos acontecimentos.

Advogada deixa o caso

A advogada de defesa de Iranildo Félix, Juliana Melo, afirmou na noite de ontem, que deixou de defender o PM no caso do assassinato do professor de MMA, Luiz de França Trindade. Nossa equipe tentou entrar em contato com Juliana, para ouvir sua justificativa, mas não obtivemos sucesso. A advogada Thaiana Macêdo, já está a frente do caso.

Tenente Iranildo Félix saiu ileso do atentado. Ele é suspeito da marte do lutador Luiz de França e está jurado de morte. Foto: Divulgação
Tenente Iranildo Félix saiu ileso do atentado. Ele é suspeito da marte do lutador Luiz de França e está jurado de morte. Foto: Divulgação

 

Compartilhar:
    Publicidade