Exercícios de chão ajudam no tratamento da ejaculação precoce, diz estudo

Estudo acompanhou 40 homens, com idades entre 19 e 46 anos, que sofrem com essa condição

Cerca de 40% dos homens sofrem ou sofreram com a ejaculação precoce pelo menos uma vez na vida. Foto: Divulgação
Cerca de 40% dos homens sofrem ou sofreram com a ejaculação precoce pelo menos uma vez na vida. Foto: Divulgação

Um estudo da Universidade Sapienza de Roma descobriu que exercícios pélvicos realizados no chão podem ser de grande ajuda no tratamento da ejaculação precoce. Segundo o estudo, após a realização das atividades por 12 semanas, alguns homens prolongaram a ejaculação em dois minutos. As informações são do site Daily Mail.

O estudo acompanhou um grupo de 40 homens, com idades entre 19 e 46 anos, que sofrem desta condição.

No início do estudo, o tempo médio até a ejaculação era de 31,7 segundos, mas no final das 12 semanas de exercícios, o tempo médio aumentou para 146,2 segundos. Apenas cinco homens não apresentaram melhoras significativas desde o início dos estudos.

No total, 33 dos 40 homens tiveram uma melhora significativa nas primeiras 12 semanas de tratamento. Treze homens ainda estão sendo submetidos aos exercícios até completarem seis meses de pesquisas.

O autor do estudo, Antonio Pastore, afirmou que este é um pequeno estudo, portanto, os efeitos devem ser verificados em um ensaio maior. No entanto, os resultados foram muito positivos.

“Os exercícios são de fácil execução e não tem efeitos colaterais. Além de treinar a parte física, vimos uma melhora psicológica nos pacientes. Hoje eles têm mais confiança na hora de se relacionarem com suas parceiras”.

De acordo com a Sociedade Internacional de Medicina Sexual, até 40% dos homens sofrem ou sofreram com a ejaculação precoce pelo menos uma vez na vida. Para a instituição, o homem é diagnosticado com o problema se ejacular em até um minuto.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade