Eymael é o candidato a presidente da república com maior patrimônio

O último colocado na lista é Rui Costa Pimenta (PCO), que diz não ter nenhum patrimônio

Patrimônio declarado é de 17 milhões. Foto: Divulgação
Patrimônio declarado é de 17 milhões. Foto: Divulgação

José Maria Eymael (PSDC) é o candidato à Presidência da República que declarou o maior patrimônio à Justiça Eleitoral. Segundo o dono do mais famoso jingle da propaganda política brasileira, seus bens somam mais de R$ 17 milhões em imóveis, carros, embarcações, participações em empresas, investimentos e outros.

CANDIDATO PATRIMÔNIO (R$)
Eymael (PSDC) 17 milhões
Aécio Neves (PSDB) 2,5 milhões
Dilma Rousseff (PT) 1,75 milhão
Levy Fidelix (PRTB) 649 mil
Eduardo Campos (PSB) 546 mil
Eduardo Jorge (PV) 412 mil
Mauro Iasi (PCB) 204 mil
Luciano Genro (Psol) 185 mil
Pastor Everaldo (PSC) 121 mil
Zé Maria (PSTU) 20 mil
Rui Costa Pimenta (PCO) 0

 

O segundo maior patrimônio declarado é o do tucano Aécio Neves. O senador diz ter R$ 2,5 milhões. O candidato do PSDB diz ter recebido herança de seu pai, que morreu em 2010, o que aumentou seus bens em quase R$ 700 mil em cotas de uma empresa e joias.

Dilma Rousseff diz ter R$ 1,75 milhão. A candidata petista à reeleição declarou imóveis, a maioria em Porto Alegre (e um em Belo Horizonte), joias, dinheiro em poupança e conta corrente e R$ 152 mil em espécie. Dilma voltou a declarar seu carro, um Fiat Tipo 1996, como tendo valor de R$ 30 mil – exatamente como fez na eleição passada. Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o veículo custa entre R$ 6,1 mil e R$ 7,5 mil, dependendo do modelo.

Eduardo Campos – terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, atrás de Dilma e Aécio, respectivamente – declarou ter R$ 546 mil, o que o deixa em quinto lugar nos maiores patrimônios dos candidatos, atrás de Levy Fidelix (R$ 649 mil).

O último colocado na lista é Rui Costa Pimenta (PCO), que diz não ter nenhum patrimônio.

Compartilhar: