Fábio Dantas diz que o Governo não prioriza a Saúde Pública

Deputado fala sobre as dificuldades do setor em São José de Mipibu

Deputado Fábio Dantas. Foto:João Gilberto
Deputado Fábio Dantas. Foto:João Gilberto

Os problemas enfrentados pela população de São José de Mipibu – Região Metropolitana de Natal -, na área da Saúde foram abordados pelo deputado Fábio Dantas (PcdoB) na sessão desta quinta-feira. O parlamentar lembrou o fechamento da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância (Apami) em abril do ano passado, ocasião em que 16 médicos foram transferidos para o Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros. Fábio Dantas explicou que a Apami passou por reformas, mas, mesmo assim, continua sem funcionar.

“No momento do fechamento, informaram que a Apami precisava de melhorias. Vieram as adequações, mas, até agora, a unidade não voltou a atender as pacientes gestantes. Foram feitas reformas na infraestrutura e ela se adequou à nova realidade para procedimentos de média complexidade, também”, disse o deputado. A instituição prestava serviços há 68 anos e realizava cerca de 110 partos por mês. Além de São José de Mipibu, outros 21 municípios eram atendidos pela Apami.

Fábio Dantas também falou sobre os atendimentos de Ortopedia e Traumatologia, declarando que o Estado deve ter mais atenção com este setor. Para ele, criar um novo hospital de traumas em Natal é uma boa iniciativa, mas é preciso, antes disso, oferecer melhorias no atendimentos dos que já existem. “Não sou contra a criação do hospital de traumas na capital. Mas temos muitos e nenhum deles tem boa qualidade. Nem o básico é feito”, disse.

O deputado sugeriu que os atendimentos de Ortopedia e Traumatologia sejam oferecidos nos hospitais regionais do Estado. “A maior demanda de um hospital são os traumas, ocasionados por acidentes de trânsito. Ao invés de levar os pacientes para a capital, seria melhor que essas pessoas fossem atendidas num hospital regional”, argumentou.

Compartilhar: