“Fábio está desesperado pela derrota e esquece que votou e aplaudiu Henrique”

Deputado Hermano Morais responde as críticas feitas por Fábio Dantas, candidato a vice de Robinson

Hermano: “Em conversas informais, ouvi várias vezes Fábio Dantas dizer que Henrique era o mais preparado para governor o RN”. Foto: Divulgação
Hermano: “Em conversas informais, ouvi várias vezes Fábio Dantas dizer que Henrique era o mais preparado para governor o RN”. Foto: Divulgação

O deputado estadual Hermano Morais (PMDB) atribuiu ao desespero as declarações do candidato a vice-governador Fábio Dantas (PC do B), contra o Presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), que disputa o Governo do Estado. Fábio disse que Henrique apenas “faz promessas”.

Hermano Morais se diz surpreso com o ataque de Fábio Dantas: “Em conversas informais, nos corredores da Assembleia Legislativa, ouvi várias vezes Fábio Dantas dizer que Henrique era o mais preparado para governar o Rio Grande do Norte. Dizia de forma entusiasmada. Depois que tomou outro rumo, mudou de discurso”.

Para Hermano, Fábio, além de demonstrar radicalismo, esquece ou finge esquecer os benefícios trazidos por Henrique ao Rio Grande do Norte, em especial a São José do Mipibu, administrada pelo prefeito Arlindo Dantas, pai de Fábio. “Fábio Dantas, que respeito como pessoa e como colega de Assembleia Legislativa, percebeu que entrou num projeto inconsistente, incoerente, frágil e que será derrotado fragorosamente pelo povo, por isso partiu para a agressão que o eleitor repudia.”

O deputado peemedebista cita a primeira incoerência de Fábio Dantas. “Como ele tem audácia de criticar Henrique se já esteve em seu palanque inúmeras vezes, elogiando a atuação de Henrique e pedindo votos? Como ele explica ter pedido o diretório do PMDB a Henrique em São José do Mipibu para o pai dele disputar a prefeitura? Fábio precisa ter equilíbrio para não cair no ridículo”.

O tom agressivo do parlamentar que apoiou PMDB e PSB, se elegeu pelo PHS e recentemente se filiou ao Partido Comunista do Brasil, tornando-se o seu principal porta-voz, também impressionou Hermano Morais, conhecido pela moderação. “Nós políticos temos que dar o exemplo e não repetir um discurso que o povo sepultou, o discurso do ódio, do rancor, da amargura. O Rio Grande do Norte encontra-se num estágio de profunda crise, de falência dos serviços públicos. A população espera por soluções para esses problemas e não por ataques grosseiros e inoportunos”.

Hermano Morais faz questão de ressaltar o trabalho de Henrique Alves em 44 anos de atuação parlamentar. “Não existe um só município do Rio Grande do Norte que não tenha sido beneficiado pelo trabalho de Henrique, uma só cidade que não tenha uma obra, um serviço garantido por uma emenda de Henrique, um político de relevância nacional.”

A experiência do candidato do PMDB, segundo Hermano, está refletindo nas pesquisas e levando os adversários ao desespero: “Henrique conseguiu reunir em torno do seu nome e de suas propostas, tendências diversas porque agora é hora de salvar o Rio Grande do Norte. O sectarismo pelo sectarismo só vai nos atrasar mais ainda. Todas as pesquisas apontam a vitória de Henrique que será confirmada nas urnas. Talvez isso sirva para entender o destempero de Fábio Dantas”.

Entre as obras importantes de Henrique, Hermano Morais menciona a liberação de recursos para obras na Chapada do Apodi, a alteração do projeto de distribuição de royalties do petróleo que beneficiou os municípios com aumento de percentual de 5% para 10%, a liberação de recursos para recuperação de estradas importantes como a Reta Tabajara. “Sem esquecer da participação decisive de Henrique para ampliar o Programa Minha Casa, Minha Vida. As pessoas que foram beneficiadas por Henrique pensam diferente de Fábio”. As ZPEs, Segundo Hermano, foram idealizadas por Henrique e serao concretizadas em seu governo.

Hermano menciona a luta pelo Aeroporto “que leva o nome de Aluizio Alves por merecimento” e o apoio a diversos segmentos da sociedade, entre eles o esporte. “Henrique é presidente da Câmara dos Deputados pelo que representa para o país. É um grande interlocutor do nosso Estado, um homem que é prestigiado em todas as áreas e fará um governo histórico para o Rio Grande do Norte. É isso o que Fábio Dantas, que é inteligente, vê, mas não quer admitir”.

Compartilhar: