Fábrica chinesa investe na produção de bonecos mascote da Copa do Brasil

A empresa já enviou 500.000 exemplares destes bonecos no mês passado ao Brasil

O nome do tatu-bola "Fuleco" procede da combinação das palavras "futebol" e "ecologia". Foto: Divulgação
O nome do tatu-bola “Fuleco” procede da combinação das palavras “futebol” e “ecologia”. Foto: Divulgação

Uma fábrica chinesa anunciou estar dedicando 80% de suas atividades à produção de bonecos de pelúcia “Fuleco”, o mascote oficial do Mundial do Brasil 2014.

A empresa Tongchuang Toys, com sede na província de Anhui, na China, já enviou 500.000 exemplares destes bonecos no mês passado ao Brasil, e começou a produzir outros 500.000 para cumprir com o contrato de um milhão de artigos.

“Estes grandes pedidos representam quatro quintos de nosso volume de vendas total”, explicou o diretor da empresa, Yu Renjun, citado pelo site Anhuiwang.

O nome do tatu-bola “Fuleco” procede da combinação das palavras “futebol” e “ecologia”.

A alcunha foi escolhida após votação popular pela internet. O nome recebeu 48% dos votos, contra 31% para ‘Zuzeco’ e apenas 21% para ‘Amijubi’.

Além de nome, o mascote ganhou também uma música tema. A canção “Tatu Bom de Bola” já foi gravada e mixada. A canção é interpretada por Arlindo Cruz, e foi mixada pelo produtor de música eletrônica Mister Jam.

 

Fonte: Uol

Compartilhar:
    Publicidade