Fala muito – Danilo Sá

Alvo constante de vaias nos eventos públicos que têm participado nos últimos meses, a presidente Dilma Rousseff não fará pronunciamento…

Alvo constante de vaias nos eventos públicos que têm participado nos últimos meses, a presidente Dilma Rousseff não fará pronunciamento nenhum na abertura da Copa do Mundo. Uma mudança de protocolo histórica, mas com bom senso. A vergonha seria exibida ao vivo para milhões de pessoas em todo o planeta.

Mas, não vai ser por isso que a presidente ficará sem falar. Ontem, em rede nacional de TV e rádio, a gestora apareceu nos lares dos brasileiros para defender as obras realizadas para o mundial, enfatizou a importância dos novos aeroportos, dos investimentos em mobilidade urbana e discordou das críticas de quem pede gastos iguais com saúde e educação. Segundo ela, isso já ocorre.

A fala da presidente foi arriscada, no fio da navalha, como se costuma dizer popularmente. Primeiro, porque o assunto em questão é extremamente delicado. A Copa do Mundo divide opiniões. Todo brasileiro gosta de futebol, mas praticamente ninguém com alguma noção de civilidade gostou de assistir o governo torrar milhões com estádios suntuosos, enquanto nossos hospitais e escolas caem aos pedaços.

Segundo porque este não é, nem de longe, o melhor momento para a presidente Dilma se meter em polêmicas. Em queda nas pesquisas eleitorais, antes mesmo da campanha começar, a presidente viu no discurso na TV a chance de, pelo menos, estancar o sangramento a que vem sendo submetida nos últimos meses.

Após o discurso, se analisarmos friamente a situação, Dilma acumulou pontos positivos e negativos após o discurso. No Twitter, a hashtag #DilmamentenaTV liderou os trends topics até hoje pela manhã, enquanto na imprensa os veículos e políticos aliados cercaram de elogios as palavras presidenciais.

O fato é que Dilma mostrou estar disposta a falar, mesmo diante do risco de sofrer perdas. Vai fugir das vaias previsíveis no estádio Itaquerão, na abertura do mundial, mas não se esconderá de levar aos brasileiros sua opinião, mesmo contra pontos tão discutíveis. Só resta esperar para saber se a decisão é acertada ou não. Isso, só o tempo responderá.

#SOMOSTODOSUMSÓ

A Copa chegou. A seleção do México pousa hoje no desativado Aeroporto Augusto Severo, por volta das 17 horas. A equipe enfrentará o time de Camarões na sexta-feira (13). Os africanos chegam ao RN apenas amanhã, tendo como principal estrela o atacante Samuel E’too, astro do poderoso Chelsea. Os dois elencos treinaram ainda na quinta nos centros da UFRN e no Frasqueirão.

POPSTAR EM NATAL

São muitas as informações ainda não confirmadas circulando pela mídia nacional e até internacional, sobre a vinda de celebridades para acompanhar a Copa do Mundo em Natal. Hoje surgiu a notícia que a cantora Katy Perry vai aproveitar a folga para assistir ao jogo entre Estados Unidos e Gana na Arena das Dunas, no dia 16. Até mesmo uma reserva para a popstar no Hotel Pestana já teria sido realizada. Será?

AUTORIDADES

Em tempo: está confirmadíssima a presença na capital potiguar do vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e do secretário-geral da Onu, Ban Ki-moon. O primeiro, claro, assistirá ao duelo dos americanos contra Gana, enquanto o segundo assistirá a Japão e Grécia, no dia 19 de junho. Pelo visto, o desfile de autoridades por Natal será grande nos próximos dias.

JEITINHO BRASILEIRO

Com a inauguração feita às pressas, faltou sinalizar as novas vias no complexo viário construído no entorno da Arena das Dunas. Tem muito motorista sem saber para onde ir com os túneis e viadutos erguidos na região. Os famosos amarelinhos então, não tem nenhum nem longe de lá, imagine no local. É bom a Prefeitura agilizar a sinalização do lugar antes que algum acidente mais grave aconteça.

ESCURIDÃO

Os moradores da região não sabem mais a quem recorrer. A informação é que na continuação da avenida Floriano Peixoto, na ligação com a rua 25 de Dezembro, próximo ao Hotel Ambra, em Petrópolis, todos os postes de iluminação estão apagados. Há semanas a via fica completamente no escuro todas as noites. A população está com medo até de sair de casa quando anoitece, diante do perigo constante de assaltos. Socorro!

CULTURA

O escritor Marcos Medeiros autografa mais uma obra hoje a noite. Serão três livros de uma só vez, em evento na livraria Nobel da Avenida Salgado Filho. Nas obras, o autor falará sobre futebol, Copa do Mundo e flores. Uma boa opção para os amantes da literatura em Natal.

MÍDIA E MERCADO

Uma campanha publicitária com três famílias natalenses foi a aposta de sucesso do novo lançamento imobiliário de Natal, o Palazzo Cristal, da Construtora Hema. Investir em uma campanha que valoriza a beleza, as famílias e os personagens da cidade garantiu uma boa procura na primeira fase de vendas do empreendimento, que tem como diferencial obras avançadas.

Entre 13 e 15 de junho, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Internacional Paz e Vida, estará promovendo o I Encontro de Líderes. O evento anual tem objetivo de contribuir para o crescimento ministerial de pastores, presbíteros, diáconos, diaconisas, líderes de ministérios e uniões, bem como dos membros em geral.

GIRA MUNDO

Pelo menos sete capitais têm protestos marcados por diversos movimentos no primeiro dia da Copa do Mundo. Nenhum deles, porém, deve ter a adesão popular das manifestações de junho do ano passado. São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Juiz de Fora, Porto Alegre e Recife também devem enfrentar manifestações. No Rio de Janeiro, haverá dois protestos. Em Natal, pelo menos por enquanto, a previsão é que tenha um grande protesto no dia do jogo entre Estados Unidos e Gana, 16 de junho. Vai ter Copa, mas, pelo visto, vai ter luta também.

Compartilhar: