Fátima Bezerra não recuará do Senado: “Estou pronta para a disputa”

Fátima Bezerra lamentou o fato do PT não ter conseguido repetir no Rio Grande do Norte a aliança nacional mantida com o PMDB.

"Sou candidata ao Senado", disse Fátima Bezerra. Foto:Divulgação
“Sou candidata ao Senado”, disse Fátima Bezerra. Foto:Divulgação

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) afirmou, em entrevista exclusiva a O Jornal de Hoje, no aeroporto de Brasília, que o projeto da sua candidatura ao Senado vem ganhando substância e conta com apoio integral da executiva nacional do PT. Questionada pela reportagem se sua candidatura seria irreversível, a parlamentar respondeu com segurança: “Sou candidata ao Senado. Há 99% de chances de eu ser candidata ao Senado”.

Vivendo o melhor momento político de sua carreira, tendo obtido na eleição anterior uma votação surpreendente, a deputada federal do PT declarou que a sua candidatura cresce de forma natural, é incentivada pela cúpula nacional e repercute bem entre o eleitorado. “Não vejo como recuar. Vamos avançar. E enfrentar a campanha concorrendo a uma vaga no Senado”, reforçou.

Fátima Bezerra lamentou o fato do PT não ter conseguido repetir no Rio Grande do Norte a aliança nacional mantida com o PMDB. Caso o PMDB opte por lançar candidato próprio (provavelmente o deputado federal Henrique Eduardo Alves) numa composição com Wilma de Faria (PSB), a deputada do PT disse estar “pronta” para enfrentar as urnas e disputando contra seus atuais “aliados”.

O apoio do PDT e do prefeito Carlos Eduardo a uma provável chapa Robinson Faria (PSD) para o Governo e Fátima para o Senado, segundo a deputada, “ainda” não está descartado. “Já temos uma nova conversa agendada com o prefeito Carlos Eduardo. Temos uma boa parceria. O que há também, e é natural, é uma aproximação dele com o PMDB, com objetivo administrativo”, amenizou.

As declarações da deputada coincidem com o momento turbulento da relação nacional entre PT e PMDB, o que pode contribuir para afastá-la ainda mais do deputado Henrique Eduardo Alves. Aos aliados mais próximos, Henrique já externou seu desejo em ter Wilma de Faria na sua chapa como senadora. Estes movimentos devem consolidar o elo entre Fátima e o pré-candidato a governador Robinson Faria.

Compartilhar:
    Publicidade