A favor da pena de morte

Cleiton Osório Mendes dos Santos estava feliz. Havia passado de ano com boas notas no colégio, após mais um ano…

Cleiton Osório Mendes dos Santos estava feliz. Havia passado de ano com boas notas no colégio, após mais um ano de muito aprendizado. De férias, resolveu acompanhar a mãe até a padaria, pouco tempo depois de mostrar ao avô o boletim azul, como diriam os mais antigos. Aqueles eram os últimos minutos de vida de uma criança de 10 anos, uma trajetória interrompida de forma brutal.

O garoto, assustado, acabou sendo pego por um bandido no meio da rua. O marginal fugia de um inimigo, que disparava tiros em sua direção. Sem saber como se proteger, o “animal” – não há adjetivo melhor para ele – utilizou o menino como escudo. Cleiton levou três tiros e morreu pouco depois da chegada da ambulância. Foi a centésima vítima fatal de Macaíba, uma cidade entregue a bandidagem. O marginal sobreviveu.

O fato narrado acima é real, revoltante, de indignar qualquer ser humano minimamente de bem. Pior é saber que o “animal” sobreviveu e, como sempre acontece nestes casos, terá todos os benefícios previstos em lei para tentar se safar de um crime com tamanha selvageria. Foi indiciado por homicídio, está preso. Se não fugir em breve, será condenado e sairá em alguns anos da prisão. Enquanto isso, terá todas as suas despesas pagas pelo povo.

Antes dele, um marginal deixou uma cidadã trabalhadora paraplégica durante assalto cometido em uma padaria de Petrópolis. Outro acabou matando um pai de família durante acidente de trânsito, o bandido havia roubado um automóvel e fugia com o veículo quando acabou tirando a vida de mais um inocente. Teve também um outro “animal”, que esfaqueou uma mãe em plena Roberto Freire, após uma batida entre automóveis.

São para casos assim, apenas para ficar entre os mais recentes e frescos na memória, que o Brasil precisa aumentar seus níveis de punição. Bandidos com tão alto grau de crueldade, não merecem os “rigores da lei” brasileira, tão adepta da impunidade. Marginais assim, devem sim sofrer penas muito mais duras. Ora, porque o cidadão deve manter um sistema penitenciário em boas condições para dar guarida a tantos monstros? Já passou da hora de se implantar no país, para casos como esses, a pena de morte.

 

LEMBRANÇA
Apesar de o assunto ser novidade neste espaço, não é a primeira vez que este colunista aborda a questão publicamente. No saudoso JH Primeira Edição, após equipe de reportagem do veículo ser assaltada durante cumprimento de pauta, causou polêmica a defesa deste em favor da pena de morte. Hoje, cerca de 4 anos depois, é hora de reafirmar tudo e cobrar mais do poder público.

PERIGO
E já que o assunto é segurança, é fundamental o aumento do policiamento nos principais centros comerciais da cidade durante estes dias de festa. Com o horário extendido, o perigo de assaltos e arrastões nas lojas aumentam. A Polícia Militar precisa, urgentemente, destinar seus homens para os bairros do Alecrim e da Cidade Alta, antes que algo aconteça.

HAJA FÉ
Não poderia ter sido coincidência maior o fato da governadora Rosalba Ciarlini ter conquistado liminar junto ao TSE, lhe garantindo a permanência no cargo, no mesmo dia da padroeira de Mossoró, Santa Luzia. De volta a cidade que administrou por três vezes para participar da procissão, a gestora, pelo menos,  demonstrou a força da sua fé. E, certamente, ainda teve tempo para pagar suas promessas.

PRESENTE DE NATAL
Em meio a tantas notícias negativas no governo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico conquista mais uma para se comemorar. O RN foi o segundo Estado a negociar mais parques de energia eólica no novo leilão promovido pelo governo federal na sexta-feira (13). O trabalho do secretário Rogério Marinho continua rendendo bons frutos para o governo Rosalba. Basta saber explorar.

SOLIDARIEDADE
A PG Prime BRP é um dos pontos de arrecadação da campanha “Solidariedade nos 4 cantos”. A ação é promovida pelos organizadores do Rally RN 1500, que distribui donativos para as famílias carentes das comunidades que apoiaram e fizeram parte do roteiro do rally. Neste ano, a 16ª edição aconteceu entre São Miguel do Gostoso e Natal. A concessionária está recebendo os donativos até o dia 20, em sua sede na Av. Rio Branco, Ribeira.

PREMIAÇÃO
A Rede RE/MAX foi escolhida “A Melhor Empresa do Setor Imobiliário para Trabalhar” na categoria Franquias. O prêmio foi iniciativa da Revista Setor Imobiliário. Em Natal, a franqueada Remax Vip comemora notícia ao mesmo tempo em que celebra o aniversário de 3 anos da imobiliária, comandada pelo corretor Kacá Borges.

CRISE NO MP
O Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Norte (SINDSEMP), presidido pelo advogado Aldo Clemente conseguiu mandado de segurança com liminar no Tribunal de Justiça. O desembargador Vivaldo Pinheiro concedeu tornou sem efeito qualquer pretensão de aplicação de sanções da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) aos servidores que estiveram envolvidos com o movimento denominado “paralisação de advertência pela valorização dos servidores concursados do Ministério Público”.

Caos
O caos no trânsito será grande nos arredores da Roberto Freire neste domingo (15). Pela manhã, volta ciclística, à tarde, Parada Gay. Os motoristas que passarem pela região precisarão de muita paciência para aguentar o congestionamento.

 

GIRA MUNDO

Ridícula a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva com relação a briga no jogo entre Atlético-PR e Vasco, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Lamentável. Punir clubes com perda de mando e com multas em dinheiro não trará paz para os estádios. Ora, o país tem leis e precisam ser seguidas. Porque não prenderam os torcedores/bandidos? Porque não responsabilizam os governantes pela ausência da Polícia Militar? Será que alguém acredita que a pena imposta aos dois times resolverá o problema? Ridículo.

Compartilhar: