FBI oferece US$ 100 mil por suspeito de matar mulher e bebê

A suspeita é de que ele esteja escondido em El Salvador.

A polícia americana oferece agora uma recompensa de US$ 100 mil a quem fornecer informações sobre o paradeiro de Juan Elias Garcia. Foto:Divulgação
A polícia americana oferece agora uma recompensa de US$ 100 mil a quem fornecer informações sobre o paradeiro de Juan Elias Garcia. Foto:Divulgação

O FBI incluiu na quarta-feira em sua lista dos 10 foragidos mais procurados dos Estados Unidos um homem suspeito de matar uma mulher e seu filho de 2 anos. O crime ocorreu em 2010, em Nova York. De acordo com a rede de televisão CNN, a polícia americana oferece agora uma recompensa de US$ 100 mil a quem fornecer informações sobre o paradeiro de Juan Elias Garcia.

Garcia é considerado pelo FBI como membro de uma gangue chamada MS-13, ou “Mara Salvatrucha”. A suspeita é de que ele esteja escondido em El Salvador.

A polícia suspeita que os assassinatos tenham motivação passional. De acordo com o FBI, a vítima, Vanessa Argueta, 19 anos, teria um caso com Garcia, mas já teria se relacionado anteriormente com outros dois membros de gangues rivais a dele – a “18th Street Gang” (gangue da Rua 18) e a “Latin Kings” (Reis Latinos).

O FBI afirmou que Vanessa foi morta depois de ser convidada por Garcia para jantar. O suspeito a teria levado, junto com a criança, para uma floresta, onde outros dois membros da MS-13 aguardavam em uma emboscada. Cruzito – como é conhecido o suposto assassino – matou Argueta com um tiro na frente do bebê. Ele então usou a mesma arma para assassinar a criança.

“A falta de consideração de Garcia pela vida humana resultou no frio assassinato de uma jovem mãe e de seu pequeno filho de 2 anos”, afirmou o diretor-assistente do escritório de Nova York do FBI, George Venizelos.

Fonte:Terra

Compartilhar:
    Publicidade