Feira “Cards Payment &Identification” apresentará soluções contra as fraudes

- Nos dias 9, 10 e 11 deste mês, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, acontecerá a feira “Cards…

- Nos dias 9, 10 e 11 deste mês, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, acontecerá a feira “Cards Payment & Identification”, evento voltado especialmente para o setor bancário e empresas operadoras de cartões de crédito/débito.

– A grande novidade deste ano será a apresentação de uma tecnologia capaz de assegurar maior proteção do comércio varejista brasileiro contra as ações dos golpistas que se apoderam de senhas de cartões alheios e passam a realizar compras ou fazer saques em caixas eletrônicos, gerando com isso enormes prejuízos para suas vítimas e para o sistema financeiro como um todo.

– O aquecimento econômico, somado às facilidades de crédito que estão sendo oferecidas à população do país, fizeram nos últimos tempos com que o número de fraudes e golpes contra o varejo aumentasse de forma significativa.

– Para blindar, pelo menos em boa parte, a ação dos fraudadores, a empresa Neti Tecnologia irá apresentar ao mercado na “Cards Payment & Identification” o programa “Certiface”, uma solução que certifica a identidade do cliente pela face, preservando a integridade de cada pessoa.

– A tecnologia detecta documentos falsificados por ocasião da abertura de contas ou solicitações de crédito em bancos, pois aponta quando o fraudador se utiliza de documentos de outra pessoa. Através de uma simples foto, tirada no momento do pedido com uma webcam ou um smartphone, o programa consegue identificar se o cliente está realmente usando seus próprios documentos e cartões.

– Com a captura da imagem da face do cliente, o sistema faz uma comparação buscando duplicidade com todos os rostos cadastrados em uma base ampla de dados, sendo capaz de reconhecer uma face em menos de um segundo. E tudo isso preservando o sigilo das informações dos clientes.

– Além desta, a feira terá outras novidades como pavilhões com empresas francesas especializadas em Certificação Digital, meios de pagamentos eletrônicos via celular, smartphones, tablets e relógios, além de cartões de crédito pré-pagos.

Diretoria da Codern prevê dinamização do Porto de Natal, após contatos com armadores

– Dirigentes da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), empresa pública que administra os portos de Natal e Areia Branca, retornaram de São Paulo neste final de semana, onde participaram da Feira Internacional de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior, mais conhecida como a “Intermodal South America”, evento que reuniu durante três dias os principais players do mercado nacional e internacional de fretes marítimos.

– Esta foi a segunda vez que representantes da Codern estiveram na “Intermodal”, sendo que agora a empresa montou estande para apresentar aos visitantes o Porto de Natal com o seu Terminal Marítimo de Passageiros (a ser inaugurado no próximo mês).

– Segundo o presidente da Codern, Pedro Terceiro de Melo, essa edição da feira serviu antes de tudo para estreitar relacionamentos com grandes armadores e discutir a possibilidade do Porto de Natal ampliar a frequência de navios de cabotagem.

– “Conseguimos agendar visitas ao RN de empresários importantes no setor de cabotagem, durante as quais iremos demonstrar a eles que, em parceria com as principais entidades de classe da Indústria e do Comércio do nosso Estado, a Codern pode incrementar o movimento de cargas pelo Porto de Natal”, explica Pedro Terceiro.

Empresário do RN presente ao WFBSC, em Nova York

– Encontra-se desde ontem em Nova York o presidente do Sindicato das Empresas Prestadoras de Serviços de Locação de Mão de Obra do Rio Grande do Norte (Sindprest/RN), Edmilson Pereira Assis, onde participa até o dia 9 do “World Federation of Building Service Contractors”, congresso mais conhecido no mundo inteiro pela sigla WFBSC e que é considerado o maior do gênero para empresas do setor de limpeza e conservação de edifícios.

– Edmilson integra a comitiva de empresários brasileiros que participa do evento a convite da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac).

– O WFBSC, que já está em sua vigésima edição, reúne cerca de 800 participantes de mais de 30 países, se constitui num fórum internacional em que empreiteiros, fabricantes e fornecedores de indústrias que atendem o segmento dos serviços de limpeza e conservação fazem contatos com executivos, conhecem práticas recomendadas do setor em todo o mundo, participam de painéis, mesas redondas e tomam conhecimento das ideias de palestrantes renomados.

Negócios decorrentes do Salão Imobiliário do RN vão além dos R$ 300 mi

– Para o empresário Ocimar Damásio, promotor do evento, o XIII Salão Imobiliário do Rio Grande do Norte, realizado semana passada no Centro de Convenções de Natal, atendeu as expectativas das 200 empresas participantes, que entre negócios fechados e prospectados atingiram o patamar de R$ 300 milhões.

– Além de apartamentos, casas, lotes de terrenos e demais vendas realizadas, o evento ainda deverá gerar resultados ao longo desta e das próximas semanas, por causa do fenômeno chamado pós-venda. Muitos clientes que não fecharam a negociação na hora deverão concluir o processo mais adiante.

– Na opinião do empresário Caio Fernandes, dirigente da corretora que leva seu nome, “essa foi uma das melhores feiras imobiliárias dos últimos anos, em especial para a venda de apartamentos de alto padrão”, opinião que também é partilhada pela gerente de Vendas da construtora e incorporadora Moura Dubeux Engenharia, Osiana Rodrigues, que acredita que os corretores consolidarão ainda várias vendas no decorrer dessa semana, em razão dos bons contatos realizados no Salão.

Projeto “Caatinga Viva”, apoiado pela Petrobrás, ganha Prêmio Mandacaru

– O projeto “Caatinga Viva”, que a ONG “Carnaúba Viva” desenvolve em nove municípios do semiárido norte-rio-grandense com o patrocínio da Petrobrás, foi um dos vencedores da etapa nacional do Prêmio Mandacaru II, promovido pelo Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS).

– O projeto conta com quatro linhas de atuação, todas visando garantir a sustentabilidade do meio ambiente da caatinga nordestina: 1) a produção de briquetes (lenha ecológica); 2) o reúso de água; 3) a educação socioambiental; e 4) a reposição vegetal de áreas degradadas.

– O “Caatinga Viva” é realizado na região do Baixo Açu, abrangendo os municípios de Assu, Carnaubais, Ipanguaçu, Itajá, Pendências, Alto do Rodrigues, Afonso Bezerra, Porto do Mangue e Macau. Nessas comunidades são levadas a efeito práticas inovadoras no consumo da água, ao mesmo tempo em que se orienta a população a reduzir o desmatamento e a colaborar na conservação da biodiversidade do bioma local, e ainda se capacitam alunos e professores da Rede Pública de Ensino para se tornarem agentes da educação socioambiental.

– O prêmio, no valor de R$ 400 mil, foi dividido pela ONG “Carnaúba Viva” com outros dois projetos vencedores de outras regiões do país.

Compartilhar: