Fenômeno da literatura mundial, John Green chega aos cinemas

Escritor e atores do filme 'A Culpa É das Estrelas' falam sobre as peculiaridades da obra que é sucesso mundial

John-Green-02-size-598

Apesar da presença dos jovens astros Shailene Woodley e Ansel Elgort no set de A Culpa É das Estrelas, o verdadeiro ídolo teen no local era o autor do livro, John Green, de 36 anos. O escritor acompanhou de perto as filmagens da adaptação cinematográfica de sua obra, que chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira, dia 5 de junho — e admite que chorou um bocado com várias das cenas. Entre um intervalo e outro, era assediado pelos fãs, que reagem à presença de Green como se estivessem perto de um astro da música pop.

Tamanha admiração por um escritor de literatura jovem foi sentida, recentemente, por gente como J.K. Rowling, autora da série Harry Potter, e Stephenie Meyer, da saga Crepúsculo. Já o ator Sam Trammell, que interpreta o pai de Hazel Grace (Shailene), vai mais longe e compara Green e o livro A Culpa É das Estrelas a um dos maiores autores da história da literatura e à sua obra-prima: J.D. Salinger e o clássico O Apanhador no Campo de Centeio. “Para mim, é o Holden Caulfield desta época”, diz Trammell ao site de VEJA, fazendo referência ao personagem principal do livro publicado em 1951.

Quem também não economiza elogios ao autor é a protagonista Shailene. “É um dos melhores livros que li na vida”, diz. Na edição de maio da revista americana Time, Green foi eleito uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Convidada pela publicação, Shailene foi a responsável por escrever o texto que explica o que faz do escritor alguém que merece o título. “Alguns dizem que através de seus livros, John dá voz aos adolescentes. Eu humildemente discordo. Acredito que John escuta a voz dos adolescentes”, diz trecho do texto da atriz. “Ele enxerga as pessoas com curiosidade, compaixão, graça e alegria, e tem incentivado seus seguidores a fazerem o mesmo. É um presente estar viva ao mesmo tempo em que este admirável líder.”

Quem sem dúvida concorda com Shailene é o clube de admiradores colecionado por Green no Brasil. Os livros assinados pelo autor são presença constante na lista de mais vendidos de VEJA. Entre os dez mais estão O Teorema Katherine, em 8º lugar, Cidades de Papel, em 4º, Quem é Você, Alasca?, em 3º, e A Culpa É das Estrelas, em 1º. Este último figura há 61 semanas na lista e soma mais de 1,25 milhões de cópias vendidas.

“Tudo o que quero dizer para meus leitores brasileiros é obrigado. Meus livros são mais populares no Brasil que nos Estados Unidos”, conta o simpático escritor.

 

Compartilhar:
    Publicidade