Festa do Boi começa amanhã

Com o slogan “O Festão cada vez maior” a 50° edição da Festa do Boi contará com quatro dias de…

Com o slogan “O Festão cada vez maior” a 50° edição da Festa do Boi contará com quatro dias de shows com quadro grandes atrações em cada noite. A abertura será nesta quinta-feira, véspera de feriado, dia 11 de outubro, com a apresentação de Thiaguinho, Forró Pegado, Solteirões do Forró e Pé de Ouro no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

Os shows continuam no dia 13, sábado, está confirmado Chiclete com Banana, Cavaleiros do Forro, Forró da Pegação e Jumento Desembestado. No dia 19, sexta-feira, o público dançará ao som de Aviões do Forró, Dorgival Dantas, Sorriso Maroto e DDB. No dia 20, sábado, Garota Safada, Ricardo Chaves, Forró da curtição e Grafith encerram a Arena de Shows com um grande “Festão”.
O JORNAL DE HOJE entrevistou o vocalista da banda Forró Pegado Douglas Pegador que contou um pouco sobre a trajetória da banda, novos projetos e a emoção de se apresentar amanhã na Festa do Boi.

 

O JORNAL DE HOJE – Como surgiu o Forró Pegado?
Douglas Pegador – A banda começou no ano de 2007, em João Pessoa. Gravamos um CD e partimos pra divulgar nas grandes festas de João Pessoa e interior da Paraíba. Mas foi através dos paredões, que ficavam em frente aos eventos, que a banda estourou. Por isso logo fomos chamados de “A banda dos paredões”. Nosso primeiro sucesso veio logo cedo, em 2007, com o hit “Alaíde”, que se espalhou por todo Nordeste e foi inserido no repertorio de várias bandas.

O JORNAL DE HOJE – De onde surgiu o nome Forró Pegado?
Douglas Pegador – Como dissemos, a banda foi criada em 2007. Idealizada por Graxão Cds (hoje empresário da banda), por mim e Kelly Silva (cantora). O Forró Pegado na época era apenas uma ideia: fazer um forró estilizado, que unisse além do vaneirão, uma alegria em cima do palco diferente do que o mercado estava acostumado. A ideia foi criando forma e os amigos foram se envolvendo, até que numa conversa, um amigo chamado Paulinho Cego chegou dizendo, a banda vai fazer um forró diferente que vai pegar todo mundo, sugiro que o nome seja Forró Pegado?. A aceitação foi unânime e o nome ficou. Atualmente a banda possui mais um sócio, Marquinhos Vaqueiro.

O JORNAL DE HOJE – Em abril do ano passado, um dos jogadores de futebol brasileiros mais visados, Hulk, provou em uma entrevista a Globo Internacional que é fã da banda Forró Pegado. Este momento foi importante para o reconhecimento da banda?
Douglas Pegador – Muito importante. Temos o privilégio de ter o Hulk como amigo, além dele nos encher de orgulho levando o nome da Paraíba, do Brasil de maneira tão surpreendente para fora do país, ainda nos brinda com essa amizade que já vem de vários anos. Naquela ocasião da entrevista que o Hulk concedeu para o jornalista Galvão Bueno lá em Portugal, assim que a gravação terminou, ele fez questão de nos ligar e contar que havia colocado nosso CD para o Galvão escutar e na data em que foi exibida a entrevista, foi num domingo de manhã e sem brincadeira, nossas redes sociais (Twitter e Facebook) simplesmente não paravam. Vários forrozeiros, fãs do Pegado, paraibanos de todos os lugares estavam sintonizados aguardando a aparição do nosso querido Hulk e consequentemente a nossa.  Já em junho deste ano, durante um amistoso da seleção brasileira contra a Argentina o Hulk fez um gol de letra e na comemoração mostrou ao mundo todo a dança do Pegador. Foi sensacional. Hoje em dia, por onde a gente passa, as pessoas perguntam: Como está o Hulk Pegador? Isso mostra que a amizade quando é verdadeira só faz bem!

O JORNAL DE HOJE – Qual é o novo sucesso da banda ou você já tem uma aposta para a próxima música que estará fazendo todo sucesso?
Douglas Pegador – Temos um repertório bastante variado e sempre buscamos atualizá-lo, essa é uma de nossas características. Lançamos um CD recentemente gravado em Recife-PE onde todas as músicas são esperadas pelos fãs em nossos shows. Sucessos como “Ela é minha Ex”, “PitStop”, “Vó tô estourado?” e ainda tem o nosso hino “Torcida Jovem Forro Pegado”. Os fãs sempre acompanham nosso repertório através do site oficial da banda e no Palco MP3.

O JORNAL DE HOJE – Com uma média de 20 shows por mês em pouco tempo de surgimento, como vocês lidam com o sucesso?
Douglas Pegador – Na verdade o resultado do nosso trabalho, ao longo desses quase 5 anos é visto com muito pé no chão por parte de todos que fazem a banda. O Forró Pegado é um grupo relativamente novo, mas sabemos que já conquistamos muitas coisas e que nos enchem de orgulho. Os objetivos que traçamos há 4 anos atrás estão sendo cumpridos e o sonho de poder levar nosso forró, com um swingue diferente, despojado e alegre para todo o Brasil está, dia-a-dia, sendo realizado. Só podemos agradecer a Deus por tudo o que ele vem proporcionando a nós. Costumamos dizer que o sucesso é do povo e não nosso!!

O JORNAL DE HOJE -  Muitas bandas de forró atingem um grande sucesso que depois não é consolidado. Qual o planejamento que vocês fazem para manter o sucesso da banda?
Douglas Pegador – A banda já existe há quase cinco anos e desde então vivenciamos diversos momentos que marcaram nossa história, uns bons outros nem tanto. Mas sempre acreditamos que não existe uma receita para se fazer sucesso, o que deve existir é uma filosofia de trabalho que una bom produto, dedicação e uma equipe comprometida. Hoje a banda emprega quase 30 funcionários e faz parte do casting de uma das maiores produtoras de entretenimento do país, que é a Fonttes Promoções. Ter nossa carreira conduzida por profissionais competentes e honestos fez toda diferença. Mas especialmente no forró o que mais tem colaborado para o nome do Forró Pegado estar sendo tão bem aceito em todo Nordeste é a consciência que temos de que devemos trabalhar, trabalhar e trabalhar porque de nada adianta o talento se não tiver determinação.

O JORNAL DE HOJE – Quais são os próximos passos da banda, o que os fãs podem esperar?
Douglas Pegador – Estamos planejando a gravação de um novo DVD, além do nosso aniversário de 5 anos que acontece em janeiro. Em novembro, dia 14, o Pegado faz show em João Pessoa durante as comemorações dos 10 anos do Aviões do Forró, uma festa super aguardada por todos. Além disso, estamos reformulando nosso site oficial que em breve vai trazer muitas novidades aos fãs, com interatividade e muito conteúdo.

O JORNAL DE HOJE – Qual a expectativa de vocês para o show na Festa do Boi?
Douglas Pegador – O Rio Grande do Norte é um estado que abraçou o Pegado de uma maneira incrível e só em saber que vamos rever nosso público Potiguar já nos enche de alegria. Fazer parte das comemorações da edição de número 50 da Festa do Boi é uma honra, um privilégio, afinal esse é um dos maiores eventos do estado!

O JORNAL DE HOJE – Como será o repertório do show, vão incluir outros ritmos, como o sertanejo, por exemplo?
Douglas Pegador – O show do Forró Pegado é único. Quem vai pensando que só vai ouvir forró se engana. Os maiores sucessos da música fazem parte do nosso repertório, do Sertanejo ao Pagode.  Mas é claro que o swingue do forró com os sucessos do nosso novo CD estão garantidos na 50º Festa do Boi!!

Compartilhar: