Festival CINEfoot traz para Natal oito filmes incríveis sobre futebol

Dentre os quais uma produção francesa e um documentário dirigido por Geneton Moraes Neto com os sobreviventes do Maracanazo de 1950

Conr6

Conrado Carlos

Editor de Cultura

Dizem que o futebol, ao contrário dos ‘esportes americanos’, ainda não rendeu uma obra-prima ficcional no cinema e na literatura. Existem ótimos documentários, bons romances, mas falta “aquele arrebatamento”, gritam os mais céticos. Para tentar a virada na suposição adversa, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Sesc, promove nesta quarta-feira (02) e amanhã (03), no auditório de sua unidade Centro, na Cidade Alta, um festival com películas cuja temática é a grande paixão do brasileiro. O CINEfoot aproveita o clima da Copa do Mundo para exibir, gratuitamente, sete produções nacionais e uma internacional – entre curtas e longas-metragens. O projeto é chancelado pelo Ministério dos Esportes, como parte das atividades alusivas ao Mundial 2014. As 12 cidades-sede estão no itinerário.

“Dos livros que li sobre futebol, a grande maioria denuncia crimes de corrupção e manipulação, a não ser O Drible, de Sérgio Rodrigues, que é excelente. Já filmes, acho que falta alguma grande produção, algum que consiga aliar bom roteiro, boa edição e direção, com atores convincentes. Por isso acho muito válido ter uma mostra como essa, em que filmes fora do circuito comercial podem ser conhecidos pelo público, principalmente em uma cidade como Natal, que frequentemente fica de fora do que é feito por diretores independentes”, diz Mário Cardoso, antigo dono de locadora de vídeo que acompanha a Copa do Mundo com a mesma empolgação com que espera um lançamento de Francis Ford Coppola e Martin Scorsese, dupla de diretores predileta.

O CINEfoot promoveu uma mostra competitiva com 132 produções inscritas, para selecionar 79 delas para exibição em todas as cidades-sede. Natal é a décima a receber o festival, que começou a rodar o país dia 09 passado (uma breve pesquisa na internet revela o sucesso por onde passou). Na capital potiguar, serão exibidos os filmes “O primeiro João” (RJ), 1958; “O ano em que o mundo descobriu o Brasil” (RJ); “Gaúchos canarinhos” (RS); “João” (RJ); “Mauro Shampoo – jogador, cabeleireiro e homem” (RJ); “Looking for Rio” (França); “O pai do gol” (SP); e “Dossiê 50: comício a favor dos náufragos” (RJ). Mário acredita que, como o jogo das Quartas de Final entre Brasil x Colômbia é na sexta-feira (04), os mais ansiosos podem manter o clima futebolístico e, por tabela, marcar algum golaço ao ver um filme bacana.

“As datas foram bem escolhidas, já que hoje e amanhã não tem jogo da Copa. Serve de aperitivo para o jogo contra a Colômbia, na sexta, e para os fãs de futebol e cinema conhecerem mais a produção brasileira”, conclui Mário. As sessões em ambos os dias começam às 16h. De Natal, o CINEfoot segue para Belo Horizonte e Rio de Janeiro, onde os torcedores da Seleção desejam que ela esteja para a semifinal e a grande final. Para mais informações sobre o festival, acesse www.cinefoot.org.

Compartilhar:
    Publicidade