Fiat 500e é fiasco econômico nos EUA e modelo prejudica montadora

Cada unidade vendida do compacto elétrico resulta num prejuízo de US$ 14 mil para os cofres da marca

6U65UU45U5

A Fiat norte-americana tem um belo problema nas mãos, que atende pelo nome de 500e. A variante elétrica do carrinho até pode ser considerada um sucesso de vendas nos Estados Unidos, o que seria ótimo para a Fiat, caso cada unidade vendida não significasse um prejuízo de nada menos que US$ 14 mil.

O prejuízo é tanto que o próprio CEO do grupo italiano, Sergio Marchionne, pede para que os consumidores não comprem o modelo, que só é oferecido para atender à legislação norte-americana. O elevado custo de produção torna o 500e um verdadeiro fracasso de rentabilidade. Para Marchionne, apenas a Tesla consegue ser economicamente viável nos Estados Unidos por só construir carros elétricos e com uma gorda ajuda governamental.

 

Fonte: Estadão

Compartilhar:
    Publicidade