Fifa discutirá com empresários do RN o funcionamento do comércio durante a Copa

- Diretores e executivos da Fifa estarão em Natal na próxima semana para debater com empresários, agências de propaganda, imprensa…

- Diretores e executivos da Fifa estarão em Natal na próxima semana para debater com empresários, agências de propaganda, imprensa e população alguns dos principais pontos ligados ao funcionamento do comércio e às aplicações de marcas na chamada ‘Área de Restrição Fifa’ em dias de jogos da Copa do Mundo.

– Os detalhes deste encontro foram discutidos em uma reunião realizada esta semana, na sede da Fecomércio, da qual participaram o presidente Marcelo Queiroz; o vice-presidente da CDL Natal, Augusto Vaz; o secretário de Serviços Urbanos de Natal, Raniére Barbosa; o secretário-adjunto de Comunicação da Prefeitura, Marcos Alexandre e o corpo técnico da Fecomércio.

– Ficou decidido que o encontro do dia 19 será realizado no auditório da CDL Natal, a partir das 9 horas e que, além dos pontos ligados à aplicação de marcas no raio de 1 km no torno da Arena das Dunas (‘Área de Restrição Fifa’), os empresários colocarão em pauta a questão dos feriados nos dias de jogos aqui em Natal e de jogos do Brasil.

– “Hoje existe dúvida, já que um Decreto da Prefeitura determina as datas de jogos aqui em Natal e de jogos da Seleção Brasileira como sendo pontos facultativos, o que abriria a possibilidade de que o comércio funcionasse em um horário alternativo, por exemplo, até duas horas antes das partidas. Acontece que a Lei Geral da Fifa tem uma visão diferente e, ao que parece, determina feriado completo nestes dias. Queremos aproveitar a vinda destes representantes para discutir também este ponto, que é de fundamental importância para o comércio”, afirmou o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz.

– Além deste assunto, os representantes da entidade máxima do futebol vão mostrar vídeos e apresentações detalhando o que pode e o que não pode ser feito nesta área de restrição nos dias de jogos. A ideia é, muito mais do que evitar choques com os patrocinadores oficiais do torneio, prevenir problemas judiciais e até policiais.

– “Temos notícias de casos em que a Polícia Federal foi acionada para retirar propagandas irregulares, dentro desta área de restrição, durante a Copa das Confederações. O que queremos é evitar isto aqui em Natal”, resumiu o secretário Raniére Barbosa.

– Os convites para o evento da próxima semana serão enviados pela Prefeitura e pela Fecomércio e CDL, que ficaram de convocar os empresários para o encontro.

– “A participação do empresariado, não apenas daqueles cujos negócios estão ali no entorno da Arena, mas de toda a Natal, é fundamental. Tenho certeza de que haverá muitas dúvidas a serem esclarecidas”, acredita Marcelo Queiroz.

Congresso Nacional de Direito Previdenciário será realizado em Natal no próximo mês

– Será realizado nos dias 10 e 11 de abril em Natal, no Hotel Parque da Costeira, o II Congresso Nacional de Direito Previdenciário.

– Com o tema “O Direito Previdenciário na sua Interdisciplinaridade”, o encontro deste ano reunirá nomes como o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Tóffoli, e o Secretário de Política de Previdência Complementar do Ministério da Previdência, Jaime Mariz.

– Também confirmaram participação a Secretária Executiva da Organização Iberoamericana de Seguridade Social, Gina Magnólia Riaño Baron; o Desembargador Federal, Marcelo Navarro; o Presidente do Conselho de Recursos da Previdência Social, Manoel Dantas; o Procurador Federal, Frederico Amado, entre outros nomes.

– Através de painéis, palestras e debates, o congresso abordará a relação do Direito Previdenciário e suas principais vertentes (Regime Geral, Próprio e Previdência Complementar) com outras áreas, como o Direito Trabalhista, Civil, Tributário, Constitucional, Administrativo, Ambiental, entre outros.

– Uma das novidades desta edição é a inclusão do congresso no Programa Evento Neutro, que estimula a criação de políticas de restrição ao carbono e que minimizem os impactos ao meio ambiente. Com isso, durante os dois dias, será 100% quantificada e compensada a emissão de gases poluentes gerados pelo deslocamento terrestre e aéreo dos fornecedores e participantes envolvidos, além do que for fruto dos gastos com energia, consumo de ar condicionado e uso de gás de cozinha.

Sebrae lança produtos inspirados em obras do folclorista Câmara Cascudo

– Os produtos desenvolvidos pela ação ‘O Imaginário de Câmara Cascudo: Lendas do Folclore Brasileiro’ estarão à venda a partir de abril em Natal e em Goianinha.

– A produção artesanal inspirada nas obras do folclorista Luís da Câmara Cascudo é resultado dos projetos de Economia Criativa e de Responsabilidade Social e Negócios, executados pelo Sebrae RN.

– A comercialização terá início após o lançamento oficial das peças, que está marcado para o dia 29 de abril, no Instituto Ludovicus Câmara Cascudo.

– Além do instituto, localizado no bairro de Cidade Alta, a loja Coletivo Design (Tirol) e o Engenho Mucambo (Goianinha) vão comercializar os produtos.

– As peças, que foram produzidas pelos grupos de mulheres do Complexo Penal João Chaves e da Associação dos Melhores Amigos do Bairro de Nossa Senhora da Apresentação (ASMANS), recriam personagens como Saci Pererê, Lobisomem, Mula sem Cabeça, entre outros.

– Antes da confecção dos artigos, todas as mulheres receberam orientações sobre a cultura empreendedora e conheceram a história do folclorista. Além de conquistar uma nova fonte de renda, elas ganharam uma nova profissão e espaço na produção artesanal do RN.

Natura inaugura complexo industrial sustentável na Amazônia

– A Natura inaugurou esta semana um complexo industrial em Benevides, município de 50 mil habitantes localizado a 35 km de Belém (PA).

– Chamado de “Ecoparque”, o empreendimento vai concentrar a produção de sabonetes e de óleos fixos da Natura, além de gerar cerca de 250 empregos diretos e indiretos até o fim do ano.

– O Ecoparque está construído às margens da rodovia PA 391 em uma área de 172 hectares, anteriormente ocupada por uma propriedade particular.

– O projeto tem espaço para sediar outras empresas interessadas em compor o polo industrial, já que a Natura ocupa somente 10% da área total.

– Planejado para ser um empreendimento ecologicamente correto, o “Ecoparque” apresenta forma inovadora de atuação. O projeto é inspirado no conceito de simbiose industrial ao conectar empresas de diferentes segmentos de mercado, desde que tenham interesses comuns e necessidades complementares.

– “A ideia é criar uma operação verdadeiramente compartilhada, uma rede de cooperação, em que as indústrias instaladas em um mesmo espaço possam trocar recursos e articular alternativas conjuntas para fomentar a geração de negócios sustentáveis na região. Além de alavancar a demanda por insumos da sociobiodiversidade e o empreendedorismo local”, explica Alessandro Carlucci, diretor-presidente da Natura.

– A nova unidade fabril da Natura na Amazônia inicia atividades com capacidade de produção de mais de 200 milhões de barras de sabonetes e cerca de 400 toneladas de óleos fixos.

Compartilhar:
    Publicidade