Fifa lamenta por Neymar, não punirá Zúñiga e mantém Thiago Silva fora

Apesar da não punição, a entidade lamentou o ocorrido, especialmente pela gravidade de ter deixado o jogador afastado dos próximos jogos da competição

Neymar deixou o campo de maca após sofrer joalhada do colombiano Zúñiga, e deve ficar até oito semanas afastado dos gramados. Foto: Divulgação
Neymar deixou o campo de maca após sofrer joalhada do colombiano Zúñiga, e deve ficar até oito semanas afastado dos gramados. Foto: Divulgação

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira a Fifa informou que não poderá punir Zúñiga pela entrada em Neymar, na partida da última sexta-feira, e também não cancelará o cartão amarelo recebido por Thiago Silva na mesma partida, o que tira o zagueiro e capitão brasileiro da semifinal contra a Alemanha nesta terça-feira, às 17h (de Brasília), no Mineirão.

A justificativa da Fifa é que o lance do zagueiro colombiano sobre Neymar, que fraturou uma vértebra do atacante brasileiro e o tirou da Copa do Mundo não escapou da atenção do árbitro da partida, Carlos Velasco, que marcou falta, mas não apresentou cartão ao jogador. Além disso, o fato não poder analisado pela consequência, mas pelo momento dentro de campo.

Apesar da não punição, a entidade lamentou o ocorrido, especialmente pela gravidade de ter deixado o jogador afastado dos próximos jogos da competição. “Desejamos a Neymar uma recuperação rápida e completa como nós desejamos o mesmo para todos os jogadores que foram tristemente descartadas da Copa do Mundo devido a lesão”, escreveu no comunicado.

Thiago Silva também está fora

Além deste lance, a Fifa também se pronunciou a respeito do pedido da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de anular o cartão de Thiago Silva, que o deixa fora da partida contra a Alemanha nesta terça-feira.

O zagueiro recebeu seu segundo cartão amarelo na partida contra a Colômbia, e está suspenso para a próxima partida.

Segundo a Fifa, “o presidente chegou à conclusão de que o Comitê Disciplinar da Fifa não pode considerar o assunto, dado o fato de que não há base legal que autoriza a concessão de tal pedido”.

Com isso, o Brasil enfrenta a Alemanha em busca de uma vaga na final da Copa do Mundo sem Neymar e sem Thiago Silva. O jogo será às 17h (de Brasília), no Estádio do Mineirão.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade