Fifa chega a marca de 3 milhões de pedidos de ingressos da Copa

77% dos pedidos são do Brasil

Segundo a entidade, cerca de 2,3 milhões de solicitações (77%) são do Brasil. Foto: Divulgação
Segundo a entidade, cerca de 2,3 milhões de solicitações (77%) são do Brasil. Foto: Divulgação

A Fifa informou nesta sexta-feira que mais de 3 milhões de solicitações foram realizadas no atual período de vendas, que começou em dezembro e vai até as 9h (de Brasília) da próxima quinta-feira, dia 30.

Segundo a entidade, cerca de 2,3 milhões de solicitações (77%) são do Brasil. Nesta etapa de vendas, pela primeira vez, os torcedores podem manifestar seu interesse por ingressos já sabendo que seleções vão enfrentar-se em cada um dos 48 jogos da primeira fase do torneio.

Os torcedores podem manifestar interesse por ingressos de 62 dos 64 jogos – estão excluídas as partidas de abertura da Copa, entre Brasil e Croácia, em 12 de junho, no Itaquerão, e a final, em 13 de julho, no Maracanã.

O esquema de comercialização é o mesmo usado de agosto a outubro de 2013. Até o dia 30 de janeiro, a Fifa vai registrar em seu site o pedido de todos os interessados em ingressos. Em fevereiro, a entidade vai contabilizar esses pedidos. Se houver mais de um torcedor interessado em um mesmo tipo de bilhete, um sorteio vai definir quem fica com a entrada.

Devido a esse sistema, o diretor de Marketing da entidade máxima do futebol, Thierry Weil, recomenda que os torcedores não tenham pressa na busca pelo ingresso. A Fifa garante que não há qualquer vantagem para os torcedores que registrarem primeiro um pedido de bilhetes no site da organização.

Após o fim desta fase de vendas, outra etapa será realizada de 12 de março a 10 de abril. Neste período, a venda será feita por ordem de chegada, ou seja, quem pedir um ingresso primeiro no site da Fifa leva.

A partir do dia 15 de abril, começa a última etapa de comercialização. Nela, os ingressos restantes também serão vendidos por ordem de chegada pela internet e em guichês que serão abertos em cidades-sede.

Compartilhar:
    Publicidade