Filas, desorganização e muito tempo de espera: “Precisar do Detran requer paciência”

Usuários que vão ao Detran para adquirir ou renovar habilitação destacam lentidão dos serviços

Quem precisa de algum serviço do órgão precisa de coragem e disposição para enfrentar as enormes filas da Central do Cidadão do Shopping VIa Direta. Foto: Heracles Dantas
Quem precisa de algum serviço do órgão precisa de coragem e disposição para enfrentar as enormes filas da Central do Cidadão do Shopping VIa Direta. Foto: Heracles Dantas

Carolina Souza
acw.souza@gmail.com

Passar cerca de sete horas para ser atendido e ter que voltar ao órgão no dia seguinte para concluir o processo. Foi isso que aconteceu com o motorista e carpinteiro Francisco Alves, 55, ao procurar o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RN), na Central do Cidadão do Shopping Via Direta, para solicitar a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo ele, o modo de funcionamento do órgão vem causando transtornos e muitas reclamações pelos usuários.

“Muitas dessas pessoas que estão aqui precisam, literalmente, madrugar nas filas para garantir o atendimento. As coisas são complicadas aqui. Falta organização e gerenciamento”, disse. “Ontem eu cheguei aqui por volta das 8h30 para dar entrada ao processo de renovação do meu documento. Só consegui ser atendido depois das 15h. Agora tive que voltar para fazer o exame de vista exigido. Precisar do Detran requer muita paciência”, afirmou à reportagem d’O Jornal de Hoje na manhã desta sexta-feira (17).

Além das longas filas, a falta de respeito por parte de alguns usuários que utilizam o “jeitinho brasileiro” com a ajuda de alguns servidores, ou despachantes, acaba gerando mais problema. Sem gerenciamento, diversas pessoas tentam furar as filas. Uma funcionária do Departamento informou que o Detran distribui fichas de atendimento, mas diante da grande procura e formação de filas em um local pequeno, o sistema acaba ficando bagunçado.

O atendimento do Detran na Central do Cidadão do Via Direta ocorre das 9h às 14h30 nas segundas e sábados, e das 9h às 20h de terça a sexta-feira. De acordo com o chefe de gabinete do Detran/RN, Manoel Ferreira, está em trâmite na Secretaria de Estado de Administração e Recursos Humanos (Searh) um processo de contratação de 73 servidores a serem distribuídos por todas as unidades do Estado.

“Ainda não temos uma previsão exata, mas garantimos que estamos tentando acelerar esse processo. O que podemos destacar sobre as grandes filas que estão se formando nas unidades – não só na Central do Via Direta, como também em outras Centrais do Cidadão – é a alta procura. A nova regulamentação do uso de simuladores nas auto-escolas para a retirada da primeira CNH fez aumentar a demanda dos serviços não só aqui no RN, mas em todo o país”, explicou Manoel Ferreira.

“Não se trata de falta de pessoal ou problema no sistema, mas o fato de que as pessoas estão tentando adiantar a primeira CNH. Assim que os simuladores chegarem nas auto-escolas, o preço da primeira habilitação irá encarecer”, afirmou Ferreira. Ivoneide Siqueira, 34, acredita que não há desculpas para tanta demora no serviço. Ela, que está pretendendo atualizar dados no documento, disse que já perdeu dois dias de trabalho para resolver sua situação.

“Vim aqui no sábado [11] para tentar atualizar os registros da minha carteira e disseram que só podiam distribuir 180 fichas. Voltei na segunda-feira [13] e me mandaram ir ao Detran/RN. Lá, me encaminharam para essa Central do Cidadão. Sinceramente, isso que eles estão fazendo não tem nada haver com alta procura. É um desrespeito. Infelizmente a gente tem que encarar porque precisamos disso”, criticou.

 

Detran/RN desmente sobre boato das renovações de CNH

Boatos que rolam na internet apontam uma “nova legislação” do Departamento Nacional de Trânsito sobre aqueles que precisam renovar a CNH. De acordo com o que está sendo compartilhado nas redes sociais, a carteira só pode ser renovada durante o prazo de, no máximo, 30 dias após o vencimento da mesma. Passado este prazo, a carteira é cancelada automaticamente e o condutor será obrigado a prestar todos os exames novamente, igual a uma pessoa que nunca tirou carteira.

“Essa informação não procede. É um boato que já rolou há alguns anos, nós chegamos a desmentir, mas mais uma vez voltou a assustar as pessoas. A única mudança na legislação é a respeito da primeira CNH, devido uso dos simuladores. As pessoas que perderem o prazo de 30 dias da renovação do documento podem nos procurar normalmente e fazer o procedimento padrão. O que não é permitido é dirigir com a carteira vencida. Se for pego por um guarda, será multado”, esclareceu Manoel Ferreira.

Compartilhar:
    Publicidade