Filho oferece R$ 50 na Web, em troca de sangue para sua mãe com câncer

Intenção, afirma jovem, é compensar doadores por horas de trabalho perdidas

0119

O jovem Everton Lima Rocha, 27 anos, surpreendeu os amigos do Facebook nesta semana ao postar um pedido nada convencional. Para ajudar a arrecadar bolsas de sangue para a mãe que está com câncer, ele ofereceu R$ 50 em troca da doação. “Quis facilitar para o doador e foi a primeira ideia que veio na cabeça”, conta.

A postagem chamou atenção de quatro pessoas que se dispuseram a ajudar. Everton conta que apenas um dos doadores aceitou a quantia oferecida. Segundo o jovem, a intenção do pagamento era custear as despesas da locomoção e as horas perdidas de trabalho. “Conseguir algumas horas no trabalho para doar é muito difícil, é uma forma de compensar quem ajudasse”, ressaltou.

Na opinião de Everton, iniciativas como a dele acabam sendo necessárias devido à visão deturpada dos patrões. “Para muitos, os funcionários só doam sangue para não trabalhar e encarar dessa forma acaba prejudicando as doações”, explica. Para ele, o estímulo ao ato de doar deveria partir dos próprios chefes. “É questão de humanidade, não custa liberar um funcionário um dia para ajudar”, afirmou.

Internada há 20 dias no Hospital do Câncer, em Campo Grande, Rosiley Santana de Alcântara Lima, 48 anos, precisa de pelo menos três bolsas de sangue tipo O negativo, considerado o mais raro. Ela luta há dois anos contra um câncer no abdômen e precisa, no momento, se fortalecer para retornar com o tratamento de quimioterapia. “Nunca tinha me dado conta sobre a importância de doar sangue até precisar, nunca nem tinha doado, hoje em dia encaro de outro jeito tudo isso”, revela Everton.

Por enquanto, quatro pessoas doaram, mas ainda não é certo se elas são do mesmo grupo sanguíneo. Então, o filho esperançoso segue com a oferta. Aceitá-la ou não, ai depende do tamanho da bondade de cada um.

 

 

Fonte: Diário Digital

Compartilhar: