Jogos da final e abertura da Copa não terão ingressos em nova fase de venda

Com o início marcado para domingo, a próxima fase de venda de ingressos da Copa-2014 não terá ampla oferta de…

A dúvida é se os ingressos estão com os torcedores ou na mão dos cambistas. Foto:Divulgação
A dúvida é se os ingressos estão com os torcedores ou na mão dos cambistas. Foto:Divulgação

Com o início marcado para domingo, a próxima fase de venda de ingressos da Copa-2014 não terá ampla oferta de escolha: não haverá bilhetes para a final e a abertura da competição. Isso foi decidido pela entidade em reunião recente após analisar as entradas disponíveis para os jogos.

Ao final da segunda fase de negociação, em novembro, a federação internacional informou que haveria bilhetes para todas as partidas do Mundial a partir de dezembro. Só que uma revisão de dados demonstrou ser impossível vender para os dois confrontos mais procurados pelo público, previstos para o Itaquerão e o Maracanã.

Ainda há a possibilidade de vendas futuras para essas duas partidas, mas isso não foi definido quando isso pode acontecer.

Haverá outras restrições. A Fifa deixará de comercializar neste momento um contingente de 7% dos bilhetes das partidas do estádio do Corinthians. Por conta do atraso da arena, não é possível saber o total exato do número de assentos – há um mapa prévio. Assim, haverá uma negociação de entradas para a casa paulista e para a Arena da Baixada, mas uma parte da carga atrasará e ficará para outras fases.

Outras limitações são em relação aos bilhetes para jogos do Brasil. Nesta fase, um percentual de 8% dos ingressos de todas as partidas da seleção estará disponível por site da CBF e da Fifa.

Só que não existirão entradas da categoria mais barata, a 4. Os bilhetes em negociação serão das categorias 1,2 e 3. A Fifa está preocupada com o tráfego de internet para essas compras.

“Por favor, avisem os torcedores que é um sorteio, que eles têm tempo para pedir os ingressos. Ou então, não adianta: vai cair o site”, afirmou o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil.

Ainda não há um número de quantos bilhetes exatamente serão negociados pela Fifa a partir de domingo, com os times com jogos definidos.

Fonte:UOL

Compartilhar: