Flamengo demitirá Jayme de Almeida durante a parada para a Copa

Antes da parada para o Mundial, o Flamengo tem mais cinco jogos: São Paulo e Bahia em casa, Santos fora, Figueirense em casa e Cruzeiro fora.

Jayme assumiu o Flamengo em setembro do ano passado e venceu a Copa do Brasil e o Carioca. Foto: Divulgação
Jayme assumiu o Flamengo em setembro do ano passado e venceu a Copa do Brasil e o Carioca. Foto: Divulgação

A passagem de Jayme de Almeida pelo comando do Flamengo está próxima do fim. Um dos responsáveis pelo título da Copa do Brasil no ano passado, o treinador deverá ser demitido durante a parada do Brasileirão, em razão da Copa do Mundo.

E a decisão de dispensá-lo foi tomada antes mesmo da derrota para o rival Fluminense por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã. O vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Wallim Vasconcelos, e o diretor-executivo, Paulo Pelaipe, perderam toda a confiança em Jayme.

Pior do que isso: a dupla que comanda o futebol do Flamengo também enxergou que o técnico criou inimizade com alguns dos principais líderes do elenco.

A menos que o tropeço diante do Flu cause uma grande crise interna e obrigue a demissão já, Jayme ficará somente até o momento em que os jogadores entrarem em férias, no início do mês de junho.

A cúpula flamenguista entende que a mudança durante o Mundial não evitará tanta repercussão. E o substituto de Jayme ainda terá tempo de sobra para dar sua cara ao time no período em que o grupo apenas treinará, até o retorno do Brasileirão, em 16 de julho, contra o Atlético-PR.

Antes da parada para o Mundial, o Flamengo tem mais cinco jogos: São Paulo e Bahia em casa, Santos fora, Figueirense em casa e Cruzeiro fora.

Eliminado na fase de grupos da Libertadores, o time de Jayme de Almeida soma apenas quatro pontos nas quatro primeiras rodadas do Brasileirão – venceu o Palmeiras, empatou com o Goiás e perdeu para Fluminense e Corinthians.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade