Fora desde de maio, Hernane volta a treinar com bola no Flamengo

Hernane se machucou no jogo que marcou a estreia de Ney Franco no Flamengo

Hernane está de volta aos treinos no Flamengo. Foto: Divulgação
Hernane está de volta aos treinos no Flamengo. Foto: Divulgação

O torcedor do Flamengo ganhou uma boa notícia nesta quarta-feira pela manhã, quando Éder Bastos, auxiliar do técnico Ney Franco, comandou uma atividade tática no Ninho do Urubu. Entre os jogadores reservas havia o atacante Hernane, que voltou a treinar com bola. O Brocador sofreu uma lesão no tornozelo direito no dia 18 de maio, durante a derrota de 2 a 0 para o São Paulo.

Hernane se machucou justamente no jogo que marcou a estreia de Ney Franco no Flamengo. Sendo assim, não conseguiu mostrar serviço em nenhum dos cinco jogos em que o treinador dirigiu o time no Campeonato Brasileiro. Enquanto o restante do elenco aproveitava as férias por conta do recesso do Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo, o Brocador fazia tratamento na sede do clube.

Na última semana Hernane passou a treinar com a preparação física, na última etapa da transição para poder ficar à disposição de Ney Franco. O jogador chegou a ser cogitado para ser utilizado no jogo-treino do último domingo, diante do Tupi-MG. Porém, sentiu dores no local ao longo da semana passada e acabou sendo preservado. Nesta quarta-feira, enfim, o jogador pode reencontrar a pelota e trabalhar com os demais companheiros.

O retorno de Hernane dá mais opções ofensivas a Ney Franco, que vinha contando apenas com Alecsandro. Isso porque Igor Sartori, outra opção, sequer foi escolhido em ocasiões em que o próprio Alecgol se encontrou lesionado ou suspenso. O treinador, inclusive, na lista de carências que apresentou aos dirigentes, pediu a chegada de mais um atacante.

Se Hernane pôde treinar com bola, o volante Víctor Cáceres foi liberado para as atividades físicas. O jogador sofreu uma fratura na mão esquerda no treino de sexta-feira e desde então estava isolado do grupo. O jogador, porém, ainda não tem uma previsão de quando poderá ficar à disposição de Ney Franco.

Na atividade desta quarta-feira, Éder Bastos manteve o esquema com três zagueiros que Ney Franco decidiu adotar desde que o grupo retornou aos treinos. Porém, existe ainda um certo receio sobre o sucesso do 3-5-2, que se mostrou falho durante o jogo-treino com o Tupi, que terminou com vitória de 4 a 2 dos mineiros. Nesta quinta-feira o elenco do Flamengo vai trabalhar mais uma vez em tempo integral. No sábado a diretoria pretende realizar mais um jogo-treino, porém, o adversário ainda é uma incógnita.

Fora de campo a diretoria decidiu emprestar o lateral direito Digão para o América-RN, que está disputando a Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador vinha sendo pouco aproveitado desde o início do ano, quando começou a perder importância no grupo por conta da chegada de Leo, que se destacou pelo Atlético-PR no Brasileirão do ano passado e passou a ser a principal sombra de Leonardo Moura.

Digão, que foi revelado nas categorias de base do Flamengo e tem apenas 21 anos, fez apenas 16 partidas pelo time principal, sem ter marcado gols. Esse ano foi utilizado em cinco jogos. Apesar disso, sempre trabalhou com o grupo principal, sendo inclusive aproveitado em algumas ocasiões entre os titulares no período de treinos em Atibaia (SP). A saída do jogador ajuda a diretoria do Flamengo a reduzir a folha salarial, abrindo espaço para a contratação dos reforços solicitados pela clomissão técnica. Ele foi emprestado somente até o fim do ano.

Fonte: IG

Compartilhar:
    Publicidade