Foragido da Justiça é encontrado após denúncias de maus-tratos aos filhos

Ricardo Freitas Miranda estava foragido desde 2002, por homicídio e roubos de carros

Ricardo Miranda era foragido da Justiça desde 2002. Foto: Divulgação
Ricardo Miranda era foragido da Justiça desde 2002. Foto: Divulgação

Policiais da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente Vítimas) prenderam nesta quarta-feira (11) Ricardo Marlon Freitas Miranda, o Paulista, de 36 anos. Ele foi autuado por maus-tratos, abandono de incapaz e submissão dos dois filhos, um de um ano e outro de 10, a vexame ou constrangimento.

Segundo a denúncia de uma tia das crianças, Paulista usava os meninos para vender bala e pedir esmolas em Copacabana. Ainda segundo a testemunha, o homem e a mulher dele, de 35 anos, abandonavam a criança de um ano constantemente sozinha em casa, sem higiene e alimentação.

Após a prisão, a polícia pesquisou a ficha de Miranda e descobriu que ele era um foragido da Justiça de São Paulo, pelo crime de homicídio e por ser considerado um dos maiores ladrões de carros da Baixada Santista. Em 2002, ele deixou o Estado de São Paulo e veio para o Rio.

Ao ser abordado nesta quarta, Paulista tentou apresentar os documentos do irmão, que tem ficha limpa, mas foi descoberto. O suspeito trabalhava como flanelinha em Copacabana e já tinha passagem pela polícia do Rio pelos crimes de lesão corporal e utilização de arma branca.

Fonte: R7

Compartilhar: