Forlán quer ganhar mais que Seedorf e Botafogo aceita pagar até R$ 500 mil

Forlán é o nome escolhido pelo Botafogo para substituir Seedorf, que encerrou sua carreira como jogador e virou treinador do Milan

Atacante quer ganhar R$ 800 mil mensais no Botafogo. Foto:Divulgação
Atacante quer ganhar R$ 800 mil mensais no Botafogo. Foto:Divulgação

A negociação entre Botafogo e Forlán ganhou mais um capítulo. Em contato direto com o estafe do jogador, o Alvinegro enviou uma oferta de R$ 400 mil mensais para contar o atacante em 2014. Porém, a oferta não agradou o uruguaio que fez uma contraproposta de R$ 800 mil de salário, valor superior aos R$ 700 mil que Seedorf ganhava. A quantia assustou a diretoria de General Severiano que busca redução de R$ 300 mil para viabilizar sua chegada.

Forlán é o nome escolhido pelo Botafogo para substituir Seedorf, que encerrou sua carreira como jogador e virou treinador do Milan – assinou com o clube italiano por dois anos e meio. Mesmo sem precisar pagar os vencimentos do holandês o Alvinegro vive situação financeira delicada, já que precisava aliviar sua folha salarial para evitar atrasos de salário.

Assim, Forlán só chegará ao Botafogo se reduzir sua pedida salarial para uma quantia que o clube de General Severiano esteja disposto a pagar – até R$ 500 mil. O problema disso tudo é que o atacante não interessa somente ao Alvinegro, mas também a outros três times: Cerezo Osaka-JAP, West Ham-ING e Toronto-CAN.

Assim como a proposta do Botafogo, o time japonês também não conseguiu seduzir Forlán. Por outro lado, as ofertas dos canadenses e a sondagem dos ingleses balançaram o atleta. O atacante uruguaio foi liberado pelo Internacional para participar de um evento de sua seleção que ocorrerá em Montevidéu no fim de semana.

Além da concorrência com os demais times, o Botafogo espera também que Forlán resolver sua situação com o Internacional. Com alto salário, existe a possibilidade de uma rescisão de contrato em comum acordo. Entretanto, o clube gaúcho oficialmente nega que isso possa acontecer.

Segundo apurado Forlán está insatisfeito no Rio Grande do Sul e quer respirar novos ares em 2014. Por conta da Copa do Mundo, o atacante gostaria de permanecer no Brasil, mas desde que consiga um acordo que considere justo. A região Sudeste é vista com bons olhos pelo estafe do jogador, que busca uma definição rápida para saber onde jogará nesta temporada.

Fonte:Uol

Compartilhar:
    Publicidade