Friboi é condenada em R$ 2 milhões por más condições de trabalho

Companhia foi processada após inspeções identificarem falhas nas instalações de distribuidora de carnes, diz MPT

Friboi, da JBS, também deve adequar-se às normas de saúde e segurança do trabalho. Foto:Divulgação
Friboi, da JBS, também deve adequar-se às normas de saúde e segurança do trabalho. Foto:Divulgação

O frigorífico JBS, dono da marca Friboi, foi condenado a pagar indenização de R$ 2 milhões por dano moral coletivo por más condições de trabalho.

A sentença, da Vara do Trabalho de Açailândia (MA), também obriga a empresa a adequar-se às normas de saúde e segurança do trabalho.

Segundo nota publicada no site do Ministério Público do Trabalho (MPT), a companhia foi processada após inspeções identificarem falhas nas instalações da distribuidora de carnes Equatorial Alimentos, empresa adquirida pelo grupo JBS.

A juíza Carolina Burlamaqui Carvalho também condenou o frigorífico a conceder intervalos de 20 minutos a cada 1h40 de trabalho aos empregados de câmaras frigoríficas e demais ambientes frios e aos que movimentam mercadorias em locais com diferentes temperaturas.

A empresa também deve fornecer equipamentos de proteção individual, água potável e adotar medidas de proteção contra queimaduras e contra incêndios, além de melhorar as condições de banheiros, vestiários e refeitórios e realizar a manutenção preventiva e corretiva em máquinas e equipamentos.

A multa é de R$ 10 mil por regra não cumprida, mais R$ 500 por trabalhador prejudicado.

Procurada às 17h, a JBS ainda não se manifestou.

Fonte:IG

Compartilhar:
    Publicidade