Funcionária de casa de repouso é suspeita de matar 6 idosos

A suspeita admite que quis aliviar os sofrimentos de seis pessoas que morreram desde o início de outubro, mas que não queria matá-las

Funcionário alega que intenção era aliviar o sofrimento dos idosos. Foto:Divulgação
Funcionário alega que intenção era aliviar o sofrimento dos idosos. Foto:Divulgação

Uma funcionária de uma casa de repouso de Chambéry, leste da França, é suspeita de ter envenenado seis residentes da instituição em dois meses, segundo fontes ligadas à investigação.

A suspeita, de 30 anos, “reconhece que quis aliviar os sofrimentos de seis pessoas que morreram desde o início de outubro, mas que não queria matá-las”, afirmou uma fonte.

A funcionária coitou um “coquetel de medicamentos” que administrou aos seis mortos, “em sua maioria pessoas idosas ou muito idosas e que sofriam de graves patologias”, afirmou a mesma fonte.

A funcionária compareceu nesta quinta-feira a uma audiência com um juiz de instrução.

A polícia a prendeu na terça-feira pela suspeita inicial de ter envenenado uma residente de 84 anos, que entrou em coma em 27 de novembro e morreu dois dias depois.

“Análises toxicológicas revelaram a presença de psicotrópicos em quantidade superiores à dose terapêutica normal. Nenhum produto havia sido receitado à residente”, destacou o hospital.

Fonte:Terra

Compartilhar: