Funcionária é feita refém por colega que foi advertido em supermercado

Suspeito usou uma faca para ameaçar a mulher; ele disse à polícia que tomou uma atitude extrema por estar enfrentando problemas pessoais e familiares

Funcionário alegou problemas pessoais para ter feito colegas como reféns. Foto:Divulgação
Funcionário alegou problemas pessoais para ter feito colegas como reféns. Foto:Divulgação

Uma funcionária de um supermercado no bairro Castelo, na região da Pampulha, foi mantida refém por um colega por cerca de uma hora no fim da tarde desta terça-feira (18). O suspeito Jailson Guimarães dos Santos, de 38 anos, trabalhava no estabelecimento há seis anos e estava inconformado por ter levado uma advertência.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito colocou uma faca no pescoço da vítima, de 30 anos, quando ela estava lanchando no refeitório do supermercado. Funcionários tentaram negociar com o autor, que fingiu aceitar um acordo, mas acabou fazendo outros dois colegas como reféns.

Militares do 34º Batalhão e do Grupo de Ações Táticas Especiais foram acionados e o supermercado foi isolado. Todos os clientes puderam sair do estabelecimento enquanto os policiais negociavam com o autor. Depois de muita conversa, Santos libertou os funcionários e se entregou.

Ele disse aos militares que está passando por problemas pessoais e familiares e que, por este motivo, tomou uma atitude extrema. A ocorrência será encerrada na Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan).

Os funcionários rendidos foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e passam bem.

Fonte:IG

Compartilhar: