Funcionário da Prefeitura de Natal é preso em flagrante rasgando bandeiras da Copa do Mundo

Homem preso é funcionário da Prefeitura de Natal

Lindifran Dias da Costa foi preso na madrugada deste domingo. Foto: Divulgação
Lindifran Dias da Costa foi preso na madrugada deste domingo. Foto: Divulgação

Em mais uma noite de monitoramento, os fiscais da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, responsáveis por acompanhar o trabalho realizado na decoração da Copa, presenciaram dois homens destruindo a ornamentação da passarela, localizada em frente ao Centro Administrativo do Governo do Estado. Esta é a segunda prisão, depois que se iniciaram as rondas.

Os fiscais prenderam em flagrante, o homem identificado por Lindifran Dias da Costa, 33 anos, universitário, servidor concursado da própria Prefeitura do Natal, como auxiliar de serviços gerais, na Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social, SEMTAS. O ato ocorreu por volta das 23h, desse sábado, 31, na Passarela de Potilândia.

Segundo o fiscal da Semsur, Rosemilson da Silva, no momento da prisão, Lindifran Dias da Costa, estava portando uma lâmina cortante e sete pedaços do material aplicado na passarela, com as bandeiras dos países participantes do Mundial, aqui em Natal. Ele foi conduzido a 1ª Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Candelária, após o Boletim de Ocorrência, o delegado de plantão lavrou o auto de prisão em flagrante e estabeleceu a fiança no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais), a família pagou e foi liberado em seguida, ainda na madrugada.

O delegado Pedro Paulo Falcão, esclareceu que o Lindifran Costa, não poderia continuar preso, pois possuí residência fixa, e não possuía antecedentes criminais. O representante da Policia Civil, destacou ainda, que o valor fixado era bastante razoável e considerou os critérios previsto na lei. O Auxiliar de Serviços Gerais foi enquadrado no Art 163, do inciso III, do Código Penal Brasileiro, responderá em liberdade pelo delito cometido.

O Secretário de Serviços Urbanos, Raniere Barbosa, afirma que a irá acionar a justiça. “Respeito à brandura da lei nestes casos de dano ao patrimônio público e perturbação da ordem pública, mas não podemos aceitar, de forma alguma, que continuem a agir sem que haja uma punição justa. Estas ações de vandalismo têm causado estragos à cidade. Danos estes muito maiores que apenas financeiro. Falo dos prejuízos à imagem de Natal e das pessoas que a vivem aqui”, disse.

A Prefeitura do Natal, através da Procuradoria Geral, solicitará a prisão preventiva de Lindifran Dias Costa, nesta segunda-feira, 02, e afirma que continuará a realizar as ações de fiscalização, pois acredita que tais atos podem ocorrer novamente.

Compartilhar: