Funcionário público é preso com remédio para ereção proibido

Durante a abordagem, os policiais perceberam o nervosismo do condutor que se atrapalhou na conversa

Os remédios estavam escondidos dentro do carro do suspeito. Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação
Os remédios estavam escondidos dentro do carro do suspeito. Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

Um funcionário público federal do Ministério do Trabalho e Emprego foi preso na madrugada desta quarta-feira no interior de São Paulo, com 75 cartelas de Pramil, um medicamento estimulante sexual cuja importação é proibida no País. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a ação ocorreu no município de José Bonifácio, na altura do quilômetro 99 da BR-153, numa fiscalização direcionada ao combate ao crime na região.

Durante a abordagem, os policiais perceberam o nervosismo do condutor que se atrapalhou na conversa. Diante disso,os PRF`s realizaram uma busca minuciosa no veículo e encontraram o medicamento escondido debaixo do banco traseiro e em duas bolsas dentro do veículo.

Questionado o condutor, que é funcionário público federal do Ministério do Trabalho e Emprego em Brasília, admitiu que havia adquirido em Ciudad del Este, no Paraguai,  e levaria para a capital federal para revender ilegalmente.

 

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade