‘Futebolês’ ganha dicionário bilíngue feito por pesquisadores da USP

O objetivo da pesquisa era pensar a língua a partir do recorte do futebol e, assim, mostrar como a língua se reinventa ao longo do tempo

Dicionário deverá ser lançado antes da Copa do Mundo. Foto:Divulgação
Dicionário deverá ser lançado antes da Copa do Mundo. Foto:Divulgação

Para evitar balões do idioma no ano da Copa do Mundo no Brasil, dois pesquisadores da USP (Universidade de São Paulo) resolveram criar um dicionário de ‘futebolês’. O glossário bilíngue servirá para traduções de termos usados dentro das quatro linhas do inglês para o português e do português para o inglês.

As expressões foram recolhidas pelos pesquisadores Sabrina Matuda e Tiago Rosa Machado, do Ludens (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas), em textos sobre o esporte. Além dos significados, a obra trará expressões históricas do futebol no Brasil que caíram em desuso, explica Sabrina.

O objetivo da pesquisa era pensar a língua a partir do recorte do futebol e, assim, mostrar como a língua se reinventa ao longo do tempo.

Enquanto recolhiam termos e significados, os pesquisadores se depararam com muitas curiosidades ao longo do caminho. “As expressões mais curiosas são sempre as culturalmente marcadas. Ou seja, aquelas que foram criadas dentro de um contexto histórico-cultural específico. Em inglês, por exemplo, temos o termo “nutmeg”, que em português significa noz-moscada, mas é utilizado em inglês para designar um “rolinho”, conta Sabrina.

Segundo ela, o termo ‘nutmeg’ surgiu na Inglaterra durante a era Vitoriana (1837-1901) e era usada em uma situação em que alguém fosse trapaceado e ficasse com fama de bobo. “Isso porque a noz-moscada era um importante produto para a exportação da Inglaterra e, devido ao alto valor, alguns exportadores que queriam se dar bem colocavam réplicas de madeira no meio das especiarias para lucrar mais”, explica.

Sabrina e Tiago ainda não sabem quantos serão os termos do glossário, mas pretendem que seja o dicionário esteja bem completo para consulta online antes do início do campeonato mundial, em junho.

Fonte:Uol

Compartilhar: