Ganhador de mega-sena no valor de 21 milhões esqueceu de pegar prêmio

Ganhador de bolada sorteada por concurso da Mega-Sena no último fim de semana ainda não reivindicou seu prêmio

Bolada de 21 milhões está esperando para ser resgatada. Foto: Divulgação
Bolada de 21 milhões está esperando para ser resgatada. Foto: Divulgação

O que você faria se ganhasse mais de R$ 21 milhões na Mega-Sena? Correria à lotérica para resgatar o prêmio? Aguardaria algumas semanas para fazê-lo com tranquilidade? Ainda não se sabe o que um dos ganhadores do último concurso da loteria decidiu fazer, mas o fato é que um carioca ainda não reivindicou a bolada milionária que conquistou no último sábado (28), quando o concurso 1.612 teve dois vencedores dividindo o total de R$ 42.675.645,68 – R$ 21.337.822,84 para cada.

Apenas um dos sortudos, da cidade de Feira de Santana (BA), havia resgatado sua parte até o início da noite desta terça-feira (1º). Ele, assim como o outro ganhador, morador do Rio de Janeiro, acertaram as dezenas sorteadas  - 06,13,17, 36, 42 e 51). Segundo a Caixa Econômica Federal, o vencedor carioca fez sua aposta em uma loja da rede de casas lotéricas Clube da Sorte, em Olaria, na zona norte da capital fluminense.

Mas ainda há um bom tempo para o anônimo carioca milionário fazer sua retirada. De acordo com a instituição, o prazo para sacar o prêmio é de 90 dias, a partir da data do sorteio. Após esse período, no entanto, mesmo que a pessoa apareça com o bilhete, não terá mais direito a ele. Quando não é retirado, o valor é repassado ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em nota, a Caixa informou que para retirar prêmios no valor de até R$ 1.700 o ganhador só precisa apresentar o bilhete premiado em uma das unidades lotéricas ou na rede de agências da Caixa. Já os montantes acima desse valor são resgatados exclusivamente nas agências da instituição.

O banco recomenda ainda que o ganhador identifique seus dados no verso do bilhete sorteado antes mesmo de sair de casa. As informações necessárias são nome completo e CPF. Segundo a Caixa, esse procedimento do apostador garante que ninguém mais retire o prêmio, pois só será pago à pessoa titular dos dados constantes no bilhete.

Fonte: IG

Compartilhar: