Gaúcho com taça vira ícone de desolação e gentileza nacional

O rosto do gaúcho abraçando a taça da Copa foi mostrado durante a transmissão mundial do jogo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O gaúcho Clovis Fernandes, veterano de Copas do Mundo, virou ao redor do planeta o símbolo da tristeza – e posteriormente da gentileza – brasileira após a humilhação sofrida pelo Brasil com a goleada vexatória para a Alemanha por 7 a 1, na última terça-feira, pela semifinal do Mundial de 2014. A imagem do idoso se agarrando à famosa taça que sempre o acompanha em meio à humilhação no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), foi replicada na internet e na imprensa internacional, que definiu a foto como “desoladora”.

O rosto do gaúcho abraçando a taça da Copa foi mostrado durante a transmissão mundial do jogo e imediatamente foi compartilhado por usuários de todo o mundo na internet, que se apegaram ao sentimento passado pelo senhor – a foto lembra a do choroso garoto na perda da Copa de 1982, na traumatizante Tragédia de Sarriá, com a derrota da incrível geração da Seleção Brasileira para a Itália, nas quartas de final daquele Mundial.

Diversos sites, como os americanos Buzzfeed (“a foto que captura a tristeza do colapso brasileiro na Copa do Mundo”), Mashable (“a história por trás do momento mais amável de Brasil x Alemanha”) Bleacher Report e o britânico The Independent definiram, logo após o jogo, a imagem do torcedor conhecido como “Gaúcho da Copa” como a “mais triste da eliminação brasileira”.

No YouTube, usuários chegaram a fazer um vídeo com a imagem da transmissão focada no rosto desolado do torcedor e a música folk Sounds of Silence, da dupla Simon & Garfunkel, ao fundo. O momento é alusivo à popular série americana Arrested Development.

A foto do “homem mais triste do Brasil”, como o The Independent definiu o torcedor, ganhou mais proporções ainda nesta quarta-feira, dia seguinte à eliminação nacional. Nas redes sociais, passou a circular uma imagem do gaúcho, que acompanhou in loco todas as Copas desde 1990, compartilhando a taça – a mesma que momentos antes o torcedor queria tanto agarrar – com fãs alemães que estavam no Mineirão.

Da tristeza, o torcedor passou a ser reverenciado pela gentileza. O The Independent cita que Fernandes teria dito frases bondosas aos torcedores alemães com quem compartilhou a taça: “levem isto para a final. Como vocês podem ver, não é fácil, mas vocês merecem, parabéns!”.

Fonte: Terra

Compartilhar: