George Clooney pede demissão do cargo de mensageiro da paz na ONU

Nomeado para a função em 2008, George Clooney trabalhou em projetos de combate à violência e defesa dos direitos humanos

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Desde 2008 exercendo o papel de mensageiro da paz na ONU, o ator George Clooney pediu demissão do cargo, alegando falta de tempo para o trabalho. “Depois de seis anos nessa função, o senhor Clooney sentiu que era hora de se aposentar do cargo oficial de mensageiro da paz”, disse o porta-voz da ONU Stephane Dujarric. “A demanda de tempo da vida profissional – de ator e defensor – dele, às vezes, dificultam o papel de alguém importante na ONU”.

Após parabenizar o ator pelo noivado (segundo o The Guardian, com a advogada Amal Alamuddin), Dujarric disse: “A aposentadoria do cargo na ONU dará a ele a independência de seguir com essa e outras atividades e projetos”.

Nomeado para a função em 2008, George Clooney trabalhou em projetos de combate à violência e defesa dos direitos humanos, tendo ido a países como o Sudão e o Congo.

Nas telonas, ele fez recentemente Gravidade (2013) e Caçadores de Obras-Primas (2014). Em 2006, ele ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelo papel no filme com temática social Syriana – A Indústria do Petróleo.

 

Fonte: Rolling Stone

Compartilhar: