Gerentona sob suspeita

Como estratégia para enfrentar a sangria imposta com as denúncias em cima da Petrobras, o governo federal passou a defender,…

Como estratégia para enfrentar a sangria imposta com as denúncias em cima da Petrobras, o governo federal passou a defender, por meio de seus deputados e senadores aliados, a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suspeitas de irregularidades não apenas na estatal, mas também nas obras do metrô de São Paulo e no porto de Suape.

O objetivo governista é muito claro, além de envolver possíveis denúncias contra tucanos, tenta incluir diversos temas em uma mesma investigação, para confundir e atrasar qualquer nova descoberta em cima dos esquisitíssimos negócios fechados pela Petrobras nos últimos anos.

De fato, as denúncias levantadas em toda e qualquer obra pública merecem mesmo a melhor apuração possível, com identificação dos responsáveis pelas irregularidades e a devida punição por prováveis prejuízos causados a sociedade. Mas, utilizar isso para impedir a fiscalização em um órgão da importância da Petrobras, é um crime contra o Brasil.

Não há mais dúvidas de que as últimas gestões da estatal foram desastrosas, capazes de transformar uma das maiores empresas do mundo em uma companhia cheia de dívidas e totalmente desvalorizada. Justamente por tudo isso, é que o país precisa saber quem foram os culpados por tal trajetória e se houve alguma intenção proposital na forma como a Petrobras foi conduzida.

Espera-se que agora o Senado cumpra a Constituição nacional e seu próprio regimento interno e instale a CPI, ameaçada graças as manobras patrocinadas internamente pelo governo Dilma Rousseff. Pelo visto, a ex-gerentona está com medo que investiguem seu antigo caixa. Porque será?

REPETECO

O natalense de boa memória, não tem como não comparar. Em pouco mais de um mês, uma das principais vias da zona Norte de Natal, a Avenida João Medeiros Filho, viu uma cratera gigantesca se abrir três vezes em seu asfalto. Simplesmente, o problema foi corrigido nos dias seguintes e, pouco tempo depois, tudo ruía novamente. A última vez foi na madrugada de hoje. O buraco está lá, aberto.

DESPERDÍCIO

Mas, este não é o único serviço mal feito com a assinatura da gestão do prefeito Carlos Eduardo Alves. Antes de deixar a gestão, em 2008, a Prefeitura refez por diversas vezes o calçadão de Ponta Negra e da Praia do Meio. E, todas as vezes, a força do mar levou todo o investimento sem dificuldades. O problema, inclusive, persistiu durante toda a administração Micarla de Sousa.

SEM CONCRETO

Agora, como se não bastasse a sequência de abertura de crateras, o município continua sem saber quando terá sua orla urbana de volta. Após quase um ano de obras, o projeto prometido para ser concluído no mês passado, só deve ficar pronto mesmo em junho. E, mesmo assim, deverá ser alvo de alguns questionamentos da população. Por enquanto, de concreto mesmo, com o perdão do trocadilho, existe apenas a cratera quase permanente na zona Norte.

PRÉ-CAMPANHA

O deputado estadual Walter Alves continua reunindo apoios para sua futura disputa por uma vaga na Câmara Federal. O parlamentar anunciou agora que terá o vice-prefeito de Assu, Eurimar Nóbrega, em seu palanque. O gestor também é filiado ao PMDB. A expectativa da classe política é que Walter seja um dos campeões de votos em 2014.

CULTURA

Pablo Capistrano lança amanhã sua mais nova obra “A Grande Pancada – Crônicas do Tempo do Jazz”. Parte do valor arrecadado com as vendas será destinada para a campanha “Amor pelas crianças – O legado da Copa”, realizada pelo Hospital Varela Santiago. O evento será das 18h às 23h, na Capitania das Artes. Na oportunidade, também ocorrerá shows de Simona Talma e Dudu Galvão.

NEGÓCIOS

O Shopping Cidade Jardim está investindo na ampliação e modernização, e deverá anunciar novas operações em breve. Uma nova área de 650 m² foi anexada e o estacionamento também ganhou up grade. Ao todo, o shopping terá capacidade de receber até quatro mil veículos no rotativo diário. O investimento segue a tendência de crescimento desse mercado.

#VEMPRARUA

Amanhã irá ao ar o programa semestral do PSTU, em rede nacional de televisão, a partir das 20h30. Após as grandes mobilizações que ocorreram no país em junho do ano passado, o PSTU vai dizer que os governos não fizeram nada para mudar a realidade da saúde, educação, transporte e moradia no Brasil. No final, a legenda convocará os brasileiros a retomar os protestos nas ruas do país durante a Copa do Mundo.

DEBATE

O deputado Kelps Lima será palestrante no anúncio dos vencedores do Prêmio Segurança Pública Responsabilidade de Todos, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Norte, através da OAB/Mossoró. O evento será no auditório da OAB Mossoró, com entrada livre ao público, a partir das 19h de quinta-feira.

GIRA MUNDO

A inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor – Amplo), fechou março em alta de 0,92%, conforme divulgou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (9). Trata-se da maior inflação para março desde 2003, quando o IPCA teve alta de 1,23%. Em março do ano passado, a inflação oficial tinha subido 0,47%. Nos últimos 12 meses, alta acumulada dos preços é de 6,15%. O monstro esquecido no passado, pelo visto, está voltando.

Compartilhar:
    Publicidade