Gesane afirma que parceria do PSD com o PT tem que haver reciprocidade

Deputada do PSD quer aliança com PT de forma integral, tanto na majoritária quanto na proporcional

Gesane: “Sem o PSD, o PT não viabiliza seu projeto, da mesma forma que o PSD não avança sem o apoio do PT”. Foto: Divulgação
Gesane: “Sem o PSD, o PT não viabiliza seu projeto, da mesma forma que o PSD não avança sem o apoio do PT”. Foto: Divulgação

Joaquim Pinheiro

Repórter de Política

A deputada Gesane Marinho, do PSD, defendeu que a parceria política do PT com o seu partido seja também na chapa proporcional e não só na majoritária como vem se configurando no momento, através da postulação de Robinson Faria para governador do Estado e Fátima Bezerra para o Senado. No seu entendimento, tem que haver reciprocidade. Segundo a deputada Gesane Marinho, esse é o pensamento e a determinação dos deputados e pré-candidatos do PSD, partido presidido no Rio Grande do Norte pelo vice-governador Robinson Faria, líder do seu partido. O raciocínio da deputada Gesane Marinho parte do pressuposto de que “o PT é muito importante para o projeto do PSD, mas nós somos também muito importantes para o projeto deles”. A deputada alerta: “sem o PSD o PT não viabiliza seu projeto, da mesma forma que o PSD não avança sem o apoio do PT”. De acordo com Gesane, será uma conjugação de esforços, priorizando o coletivo em vez do pessoal.

Gesane Marinho, que está no exercício do seu terceiro mandato de deputada estadual, lembra que ficou acertada na última reunião entre os dois partidos – PSD e PT – a definição da chapa majoritária para posterior cumprimento de uma agenda de visitas ao interior do Estado no aguardo da oficialização da aliança política e consequentemente da chapa majoritária para disputar o Governo do Estado nas eleições de outubro. “Temos que definir também, a chapa proporcional. Esse é o sentimento de todos que fazem o PSD”, observa a deputada, reconhecendo que PSD e PT são partidos que têm identidade, principalmente por pertencer a base aliada da presidenta Dilma Rousseff e serem adversários do Governo Estadual. Ela cita também, a semelhança entre os dos dois postulantes – Robinson Faria ao Governo do Estado e Fátima Bezerra ao Senado. “São perfis exigidos pelo eleitor. Os dois têm passado que não os condenam. Além disso, são detentores de experiência política e serviços prestados ao Rio Grande do Norte”, ressalta, lembrando que esses são pré-requisitos exigidos pela população nos dias atuais.

REELEIÇÃO

A deputada Gesane Marinho confirma sua candidatura à reeleição este ano, acreditando que a partir de 2015 retornará ao plenário da Assembleia Legislativa para cumprimento de mais um mandato no legislativo estadual. Nos três primeiros ela disse que centrou sua atuação no social, mas também aprovou projetos importantes em outros setores que se tornaram leis. Cita como exemplo o uso de armas e munições não letais pela Polícia do Rio Grande do Norte, Selo Amigo do Esporte, entre outros. A deputada sugeriu que fosse implantada a Ceasa Itinerante para vender produtos hostifrutigranjeiros a preço de custo. Gesane destaca ainda, o projeto Conta Verde (aprovado) que permitirá ao usuário carente trocar material reciclável por desconto na conta de água. “Esse projeto é de grande alcance social porque atende à Caern, que tem alto índice de inadimplência na tarifa social, catadores de material reciclável, usuário e ao meio ambiente através do desenvolvimento sustentável”, concluiu a deputada.

 

 

Compartilhar:
    Publicidade