Goleira dos EUA é presa por agredir irmã e sobrinho em festa

"Ambos tinham lesões visíveis", disse o tenente Mike Murray

Hope Solo foi detida por crime inafiançável. Foto: Divulgação
Hope Solo foi detida por crime inafiançável. Foto: Divulgação

A goleira da seleção feminina dos Estados Unidos Hope Solo, que é conhecida também por sua beleza, foi detida neste sábado, sem direito à fiança, após uma acusação de violência doméstica.

Segundo o Seattle Times, alguns agentes da polícia foram chamados à casa de Solo, que agrediu sua irmã e um sobrinho durante uma festa na residência em que divide com o ex-jogador de futebol americano Jerramy Stevens.

“Ambos tinham lesões visíveis”, disse o tenente Mike Murray.

Hope Solo, 32 anos, defende o Seattle Reign e tem 100 jogos pela seleção feminina dos Estados Unidos. Pelo seu país, conquistou os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, após vitória de 1 a 0 sobre o Brasil, na prorrogação.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade