Goleiro Bruno só teve tempo de pegar Bíblia antes de ser transferido

Goleiro recebeu sua primeira visita desde que foi transferido para o Norte de Minas; advogados continuarão tentando uma autorização da Justiça para que ele trabalhe fora da prisão

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Preso em Francisco Sá, no Norte de Minas, desde o dia 20 de junho, o goleiro Bruno Fernandes recebeu sua primeira visita externa nesta quinta-feira (26). Os advogados do atleta estiveram na Penitenciária de Segurança Máxima de Francisco Sá durante a tarde para conversar com o goleiro, que contou detalhes de como ocorreu sua transferência para o Norte de Minas. “Ele disse que estava participando de um culto na Penitenciária Nelson Hungria quando, de repente, falaram com ele: ‘você tem que ser transferido’”, afirmou Tiago Lenoir, um dos advogados do goleiro.

O goleiro contou aos advogados que só teve tempo de pegar sua Bíblia antes de ser transferido. Materiais de higiene pessoal, roupas e outros itens que tem uso permitido aos detentos já foram enviados para Francisco Sá pela noiva de Bruno, Ingrid Oliveira, e devem ser entregues ao goleiro nesta sexta-feira (27). Segundo Lenoir, Bruno está em uma cela individual, pequena, e está sendo tratado da mesma forma que os outros presos.

O advogado contou que Bruno se emocionou com a visita. “Ele está se apegando muito à fé e falou que agora, aqui em Francisco Sá, começa uma nova etapa da vida dele”, afirmou. Ele reforçou que os advogados vão continuar a lutar na Justiça para que o goleiro consiga sair da prisão para trabalhar.

Condenação

Bruno Fernandes de Souza foi condenado em março do ano passado a 22 anos e três meses de prisão em regime fechado pela morte da modelo Eliza Samudio, com quem teve um filho. O corpo da mulher permanece desaparecido.

Fonte: IG

Compartilhar: